<
>

Libertadores: Flamengo terá reencontro com atacante que foi pedido por Zico, levou caneta humilhante em clássico e já aplicou em 2019 a 'lei do ex'

O Flamengo já embarcou para o Equador, onde enfrentará a LDU, em Quito, pela 3ª rodada da Conmebol Libertadores. Além da temida altitude, o Rubro-Negro terá pela frente um velho conhecido, que teve passagem apagada no Rio de Janeiro.

Atualmente o destaque da LDU, Cristian Borja passou pelo Flamengo em 2010 e, após apenas sete jogos e nenhum gol, deixou a Gávea sem deixar muitas saudades.


Pedido de Zico

Em 2010, após se destacar no Caxias durante o primeiro semestre, Borja chamou atenção do ídolo Zico, diretor de futebol do Flamengo na época, e foi contratado em julho, em meio à turbulência envolvendo o caso do goleiro Bruno.

O Flamengo vivia um período econômico bem diferente do atual. Mesmo após mais de três meses em que o colombiano fora apresentado, dirigentes do Caxias e o empresário do atleta cobravam publicamente o clube carioca pelos R$ 300 mil acordados pelo empréstimo de um ano.


Caneta humilhante em clássico

Em agosto de 2010, Flamengo e Vasco protagonizaram o Clássico dos Milhões no Maracanã pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida marcava a reestreia de Felipe pelo Cruzmaltino. E Borja foi um dos personagens.

O colombiano levou uma caneta memorável do 'Maestro' e passou batido na jogada. Borja também teria a chance de dar a vitória do Flamengo, mas parou em Fernando Prass, outro personagem daquele clássico, que viria a fazer três defesas em sequência no lance.


Rumo à Sérvia de Petkovic

Após sete jogos e nenhum gol pelo Flamengo, Borja deixou o Rio de Janeiro rumo à Sérvia. E quem fez o meio de campo foi um velho conhecido do torcedor rubro-negro. Indicado por Petkovic, que havia sido destaque do clube carioca no título brasileiro em 2009, o atacante colombiano acertou com o Estrela Vermelha.


'Lei do ex' no reencontro

No mágico ano de 2019, quando faturou os títulos do Campeonato Brasileiro e da Conmebol Libertadores sob o comando de Jorge Jesus, o Flamengo teve o seu primeiro reencontro com Borja.

Jogando no Maracanã, pela 2ª rodada da fase de grupos, o Rubro-Negro venceu por 3 a 1. Quem fez o gol da LDU? Borja. Já nos acréscimos, de pênalti, o colombiano marcou o de honra dos equatorianos


Há quatro temporadas defendendo as cores da LDU, Borja reencontrou o bom futebol apresentado no Caxias e que o levou ao Flamengo. Aos 33 anos, o centroavante já entrou em campo 91 vezes pelo clube equatoriano e marcou 42 gols. Além disso, conquistou uma Liga e uma Supertaça do Equador.

O Flamengo está com seis pontos e lidera o grupo G. A LDU vem logo atrás, com quatro, enquanto La Calera, com um, e Vélez Sarsfield, com zero, completam a chave.