<
>

CEO do Dortmund crava futuro de Haaland e abre o jogo sobre entrevista polêmica de empresário

play
Haaland de saída? Ex-Dortmund dá conselho para atacante norueguês especulado em gigantes (1:04)

Camisa 9 da equipe aurinegra estará na tela da ESPN, neste sábado (1:04)

Toda a euforia sobre o destino de Erling Haaland parece, de fato, não ter chegado na Alemanha. Mesmo com os rumores sobre uma disputa intensa nos bastidores entre gigantes como Real Madrid, Barcelona, Manchester United e Manchester City, a futuro do norueguês pode ser mesmo seguir no Borussia Dortmund.

Quem cravou isso foi o CEO do clube, Hans-Joachim Watzke, afirmando que a decisão sobre não negociar o atacante está tomada pela diretoria aurinegra.

Em entrevista ao Sport1 após a goleada por 5 a 0 diante do Holstein Kiel, que colocou a equipe na decisão da Copa da Alemanha, o dirigente afirmou que a postura adotada por Haaland, de estar nas arquibancadas torcendo pelos companheiros, mostrou que o norueguês faz parte do projeto esportivo do clube.

play
1:04

Haaland de saída? Ex-Dortmund dá conselho para atacante norueguês especulado em gigantes

Camisa 9 da equipe aurinegra estará na tela da ESPN, neste sábado

“Haaland será um jogador do Dortmund novamente na próxima temporada. A forma como torceu nas arquibancadas [na semifinal da Copa da Alemanha] mostra o quanto ele se identifica com sua equipe”, disse o dirigente, lembrando que o clube atravessou uma situação parecida com Robert Lewandowski, que tentou se transferir para o rival Bayern de Munique antes do fim de seu contrato.

“Também foi um conflito de interesses. Mas continuamos duros e Robert aceitou isso. Naquela temporada ele foi nosso artilheiro. Confio em Erling para fazer isso também”.

A posição do Dortmund segue inabalada, mesmo com as manifestações do agente do jogador. No último sábado (1º), Mino Raiola afirmou em entrevista ao jornal AS que sabe da postura dos alemães, mas que não descarta uma grande transferência envolvendo Haaland.

“O que sabemos hoje é que o Dortmund falou seriamente conosco e nos disse 'não estamos vendendo", disse Raiola. “Agora, vamos ver se é esse o desejo deles até 1º de setembro. Essa é a posição oficial do clube. Mas eu tenho outra posição, acho que se uma boa oportunidade surgir e todos estiverem felizes, vamos colocá-la à mesa”.

Questionado sobre as palavras do empresário, Hans-Joachim Watzke minimizou, e disse que é preciso 'respeitar as peculiaridades' de Raiola.

“Conheço o Mino há muito tempo e me dou muito bem com ele. Temos que aceitar suas peculiaridades. Mas ele também conhece as do Borussia Dortmund. Mino pode dar entrevistas todos os dias. Isso não é um problema para nós”.

play
0:16

Imitador de Haaland ataca de novo e mostra como atacante do Dortmund seria esquiando... Que figura!

Via Instagram @grundemyhrer | Influenciador ficou famoso pelas imitações do norueguês