<
>

Diego Alves, do Flamengo, desabafa sobre ter Rafinha como rival: 'Não queria jogar contra'

play
Flamengo aposenta camisa amarela de goleiro usada por Diego Alves desde 2018; VEJA (0:57)

Imagens: FLA TV (0:57)

Em entrevista ao canal de YouTube "Barbaridade", o goleiro do Flamengo, Diego Alves, falou sobre sua amizade com o lateral-direito Rafinha e lamentou o fato de agora ter que enfrentá-lo em campo.

Os dois se conhecem desde que o arqueiro tinha 18 anos e jogaram juntos no próprio Fla, empilhando títulos entre 2019 e 2020.

No entanto, Rafinha acabou deixando a Gávea e indo para o Olympiacos, da Grécia. Após rescindir com a equipe europeia, ele tentou retornar ao Rubro-Negro, mas não chegou a um acerto.

Com isso, o ala acabou acertando com o Grêmio, e irá enfrentar o Flamengo no Campeonato Brasileiro, além de também poder cruzar com os cariocas na Copa do Brasil.

Na entrevista, Diego Alves lembrou o bom ambiente que Rafinha criava na Gávea e lamentou o fato dele agora ter se tornado um adversário.

Independentemente de não serem mais companheiros de clube, porém, o goleiro assegurou que seguirá torcendo pelo sucesso do amigo.

"O Rafinha gosta muito do Flamengo. Ele foi um dos jogadores mais importantes naquele meio de 2019 para o final dos títulos, na arrancada para os títulos. É um jogador muito emotivo, que criou um ambiente também", contou.

"Ele estava sempre com os moleques da base, fazia o pagodinho dele no vestiário, sempre alto astral. Um cara muito vencedor. Conheço desde 18 anos", lembrou o camisa 1.

"Rafinha sempre foi essa pessoa. E assim... Eu não queria ele (jogando) contra, para falar a verdade, porque é um jogador que todo mundo gosta. Mas a gente sabe que as vezes não se pode concretizar da maneira que todos querem", salientou.

"E que ele seja muito feliz, independente disso, vou estar sempre na torcida por ele. Rafinha é dos nossos", finalizou.

Juntos, Diego Alves e Rafinha ganharam Libertadores 2019, Brasileirão 2019, Cariocão 2020, Recopa Sul-Americana 2020 e Supercopa do Brasil 2020.