<
>

Vinícius Jr. diz o que foi 'bom e ruim' ao trocar o Flamengo pelo Real Madrid com 18 anos e revela medo que sentiu

play
Os moleques de Madri! Veja como Vini Jr, Rodrygo e Valverde enchem os olhos da torcida do Real (2:10)

Mesmo ainda jovens, garotos são importantes para o time na corrida pelo título de LaLiga (2:10)

Vendido pelo Flamengo ao Real Madrid ainda em maio de 2018 por R$ 164 milhões, o atacante Vinicius Jr. tem ganhado cada vez mais projeção com a camisa do time merengue.

Hoje mais adaptado e em franca ascensão na equipe espanhola, o brasileiro teve medo no passado e contou em entrevista ao site oficial da Uefa como foi encarar o novo desafio ainda tão jovem.

"Enfrentar essas mudanças quando você tem [apenas 18 anos] é algo bom e ruim ao mesmo tempo. É bom porque você tem mais tempo para aprender coisas e jogar durante vários anos na Europa, mas também enfrenta o medo e a insegurança de jogar pelo maior clube do mundo e fazer as coisas direito".

Vinicius contou que o lazer que tem na Espanha neste momento é o videogame e ainda revelou quem são os espanhóis que se destacam nas partidas de futevol virtuais. "Eu era muito jovem quando vim para um novo país e tive que mudar meus hábitos dentro e fora de campo para me acostumar com outra cultura do futebol, que é completamente diferente do Brasil".

"Chegando aqui e brincando com meus maiores heróis, que costumava assistir na TV ou jogando videogame. Agora posso jogar [videogame] sozinho, o que faço muito. Jogo muito contra o Rodrygo e o [Éder] Militão, de quem sou mais próximo; estamos sempre brincando. Quem é o melhor jogador do FIFA no Real? Acho que são [Marco] Asensio e [Dani] Carvajal: eles são bons".

Com contrato até junho de 2025 com o Real Madrid, Vincius Jr., cotado inúmeras vezes como sonho do Paris Saint-Germain, se vê futuramente ainda com a camisa do time merengue.

play
3:13

Chelsea coloca Real Madrid 'na roda', mas Lucas Vázquez busca empate em simulação da Champions no Fifa

Equipes se enfrentam neste terça pela semifinal, e o ESPN.com.br já fez sua simulação no Fifa

"Continuar jogando pelo Real Madrid, jogando muitos jogos. Já joguei pelo clube [mais de 100] vezes, o que é muito para um jovem de 20 anos; muito poucos jogadores conseguiram isso. E quero continuar ganhando muitos troféus, marcando muitos gols e levando muita alegria para os torcedores daqui, que nos acompanham - e para minha família também".