<
>

Carioca: Fluminense goleia o Madureira de virada, escapa do Flamengo nas semifinais e irá encarar a Portuguesa

O Fluminense sofreu no início mas goleou o Madureira de virada por 4 a 1 na manhã deste domingo, no Maracanã. Pela última rodada da fase classificatória do Campeonato Carioca, o Madureira saiu na frente com Luiz Paulo mas o Tricolor virou com Abel Hernández, Bobadilla, Ganso e Gabriel Teixeira.

Com o resultado, o Fluminense terminou na vice-liderança e escapou de enfrentar o Flamengo nas semifinais. O duelo do Flu por uma vaga na final será contra a Portuguesa.

O Madureira vai disputar a Taça Rio com Vasco, Botafogo e Nova Iguaçu.

O jogo

Com a classificação assegurada para às semifinais, o técnico Roger Machado optou por mandar a campo uma formação alternativa. Então, dos titulares, só o goleiro Marcos Felipe estava os entre onze iniciais.

Sem nenhum jovem da base e com vários atletas com mais de 30 anos, faltava mobilidade ao Tricolor. Além disso, a equipe carecia de entrosamento, pois todos os últimos quatro reforços à disposição estavam em campo. O zagueiro Manoel, o meia Cazares e os atacantes Abel Hernández e Raúl Bobadilla entraram juntos no jogo.

Com o Madureira muito bem plantado, o Flu não conseguia ameaçar o gol de Felipe Lacerda. Na primeira etapa, foram só duas chegadas, mas nada de gol. Aos 23, Cazares cobrou falta da esquerda e levantou no segundo pau. Danilo Barcelos raspou com a cabeça na bola e mandou para a linha de fundo.

Aos 40, Bobadilla recebe enfiada de Cazares na direita da área, dribla o goleiro, mas o chute sai mal e a bola cruza a frente do gol.

O Madureira, entretanto, não estava de brincadeira e abriu o placar aos 28 e quase ampliou três minutos depois. No lance do gol. Nivaldo cobrou falta da direita e levantou no primeiro pau. Luiz Paulo se antecipou, amorteceu de cabeça, botou no chão e chutou cruzado para fazer 1 a 0.

Aos 31, o mesmo Luiz Paulo recebeu lançamento na esquerda, partiu em velocidade e se livrou de Manoel com um toque de categoria. Da entrada da área, contudo, chutou por cima do gol.

O Flu não mudou para o segundo tempo, mas conseguiu o empate aos 14. Cazares lançou Abel Hernández na área pela direita, e ele sofreu falta de Juninho. Pênalti que o uruguaio cobrou e mandou para a rede.

A partir do empate, o jogo ficou mais aberto e as duas equipes chegavam com mais perigo. Mas foi o Fluminense que se deu melhor. Aos 24, Danilo Barcelos cobrou escanteio da esquerda e Gabriel Teixeira bateu de primeira. Felipe Lacerda deu rebote na pequena área e Bobadilla fez o gol da virada.

Em desvantagem, o Madureira partiu em busca do empate e deu espaços ao Fluminense, que fez o terceiro e o quarto no finalzinho.

Aos 45, Ganso abre para Danilo Barcelos na esquerda da área. O lateral levanta de volta na cabeça do meia, que toca para o gol.

Três minutos depois, Gabriel Teixeira recebeu de Ganso na entrada da área, pela esquerda, e acertou belo chute para fechar o placar.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 4 X 1 MADUREIRA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 25 de abril de 2021 (Domingo)

Horário: 11h(de Brasília)

Árbitro: Alex Gomes Stefano (RJ)

Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Lima Filho (RJ)

Cartões amarelos: Lucca (Flu)

Gols:

MADUREIRA: Luiz Paulo, aos 28 min do 1º tempo

FLUMINENSE: Abel Hernández, aos 14, Bobadilla aos 24, Ganso aos 45 e Gabriel Teixeira aos 48 min do 2º tempo

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Manoel e Danilo Barcelos; Hudson (Yago), Wellington e Cazares (Ganso); Lucca (Gabriel Teixeira), Abel Hernández (João Neto) e Bobadilla (Caio Paulista)

Técnico: Roger Machado

MADUREIRA: Felipe Lacerda, Rhuan Rodrigues (Sampaio), Maurício Barbosa, Edmário e Juninho; Feitosa, Rodrigo Yuri e Nivaldo (Caíque Valdívia); Sillas, Natan (Bruno Santos) e Luiz Paulo (Elias)

Técnico: Alfredo Sampaio