<
>

Gundogan quebra silêncio e detona Uefa após polêmica com Superliga: 'Ninguém está pensando nos jogadores?'

A Superliga segue dando repercussão na Europa. Só que a ‘metralhadora’ de críticas agora está em direção à Uefa, como fez o meio-campista Ilkay Gungodan, do Manchester City.

O jogador usou as redes sociais para fazer críticas à entidade que comanda o futebol na Europa. Segundo ele, o novo formato da Uefa Champions League está longe de ser o ideal. E comparou a situação com a polêmica envolvendo a Superleague.

“Com tudo o que está acontecendo na Super League, podemos falar também sobre o novo formato da Champions League? Mais e mais jogos, ninguém está pensando em nós jogadores? O novo formato da Champions é apenas o menor dos dois males em comparação com a Super League”, disse o alemão, completando.

“O formato (atual) da Champions funciona muito bem e é por isso que é a competição de clubes mais popular do mundo para nós, jogadores, e para os fãs”, finalizou.

Entenda o novo formato da Champions League: 32 para 36 equipes participantes, sem a tradicional fase de grupos de oito chaves e quatro times. A competição terá um formato tradicional de liga, chamado pela Uefa de ‘modelo suíço’.

Cada time terá um mínimo de 10 jogos de liga (cinco em casa, cinco fora), contra 10 oponentes diferentes.

Os oito melhores classificados na fase inicial se garantirão diretamente no mata-mata.

Os times que terminarem entre a nona e a 24ª posição na tabela geral vão encarar um playoff.

Os 16 "sobreviventes" disputarão às oitavas de final.