<
>

Vasco: Romulo detalha negociação, se declara ao clube e diz o que pesou em decisão de voltar

Nesta terça-feira (20) o Vasco apresentou o volante Romulo, até aqui o sétimo reforço contratado para a temporada. Com uma ligação muito forte com o clube de São Januário, com quem conquistou o título da Copa do Brasil em 2011, o volante falou sobre o que pesou mais na decisão de voltar ao Cruz-Maltino.

Assim como a maioria dos reforços contratados pelo clube carioca até o momento, a negociação de Romulo não foi vazada, desta forma o anúncio oficial da contratação do volante pegou os torcedores de supresa.

Sobre a decisão de retornar a São Januário após quase uma década, o jogador, hoje com 30 anos, revelou que já estava na hora dele voltar a vestir a camisa do Vasco.

"A gente vinha tratando disso há uns 10 dias (da negociação), quero aqui deixar bem claro também, a diretoria manteve sim o sigilo, acho que este é um ponto importante. A gente tratou tudo internamente, não vazou, acho que este foi um ponto muito importante, mas no dia que eu falei com o (Alexandre) Pássaro que eu viria para cá, a partir dali já, no meu coração, falava que era a hora de voltar e nada mais naquele momento mudaria a minha decisão", começou por dizer.

"Graças a Deus hoje tenho esta opção de escolher, tive a oportunidade de jogar em alguns clubes e ter uma opção melhor de poder escolher. Acho que nesta hora o coração vai estar falando mais alto, com certeza", concluiu.

Revelado pelo Vasco em 2010, Romulo ficou no clube carioca até 2012, quando se transferiu para o Spartak Moscou. Depois, voltou para o Brasil, em 2017, para jogar no Flamengo e, em 2019, no Grêmio. Antes de voltar para o Cruz-Maltino, o volante estava no futebol chinês.