<
>

Benfica desmente que tenha negociado para participar da Superliga e reitera oposição

O Benfica divulgou nesta terça-feira um comunicado oficial em que desmente especulações de que teria negociado para participar da nova Superliga Europeia. O clube lembrou declarações do diretor executivo Domingos Soares de Oliveira, em novembro do ano passado.

“A minha opinião é contrária, mesmo que o Benfica fosse um dos clubes representados na Superliga europeia. Se acontecer (o convite) quase nem é preciso pensar, mas preferia que não acontecesse”, afirmou o dirigente na ocasião.

Os Encarnados também reiteraram total oposição ao projeto capitaneado pelos gigantes de Inglaterra, Espanha e Itália.

“O Sport Lisboa e Benfica, no âmbito da sua presença na ECA (Associação Europeia de Clubes), sempre se manifestou contrário a qualquer competição fora do âmbito da UEFA, tendo, inclusive, contribuído ativamente para a reformulação do modelo competitivo da Liga dos Campeões pós-2024”, ressaltou.

“O Sport Lisboa e Benfica sempre esteve, e estará, solidário com a UEFA e com os valores do futebol europeu: meritocracia, solidariedade e inclusão”, completou o comunicado.

Até agora, 12 clubes fazem parte da Superliga: Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Inter de Milão, Milan, Juventus, Manchester United, Manchester City, Liverpool, Chelsea, Arsenal e Tottenham. A competição visa ter um total de 20 participantes, contando ainda com Bayern de Munique, Borussia Dortmund e PSG (que não entraram no projeto até o momento), mais cinco times convidados.