<
>

Uefa anuncia novo formato da Champions League em meio a debates sobre Superliga

play
Superliga: saiba o que é e entenda a 'guerra' que tomou conta dos bastidores do futebol europeu (1:31)

O novo torneio recebeu, antes mesmo da confirmação, uma resposta dura da Uefa, em parceria com Premier League, LaLiga e Serie A, que, na véspera do anúncio de novidades na Champions, ameaçou clubes e até jogadores que fizerem parte da iniciativa. (1:31)

A Uefa divulgou nesta segunda-feira (19) o novo formato para as competições europeias de clubes a serem introduzidas a partir da temporada 2024/2025.

Mesmo durante as discussões em cima da criação da Superliga por 12 dos principais clubes da Europa, a entidade prevê um novo molde para os torneios com aumento no número de participantes.

Principal competição de clubes no velho continente, a Champions League terá um aumento de 32 para 36 participantes. A tradicional fase de grupos deixará de existir e será substituída por um formato de liga única.

Cada equipe terá, no mínimo, 10 jogos na fase inicial, cinco em casa e cinco fora, contra 10 oponentes diferentes. Os oito melhores classificados garantem vaga na fase eliminatória.

As equipes que ficarem abaixo dos oito melhores colocados, do 9º ao 24º, vão disputar um playoff para garantir vaga entre os 16 times que disputarão as oitavas de final.

O novo formato prevê, também, mudanças para a Uefa Europa League e Europa Conference League, nova competição de clubes da Uefa.

A entidade europeia ainda discute os desdobramentos causados pelo anúncio da nova Superliga, criada por 12 grandes clubes do Velho Continente: Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, Barcelona, Inter de Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham.

Os fundadores da possível nova competição ainda aguardam o ingresso de, pelo menos, mais três participantes.