<
>

André Cury diz que Real Madrid contratou Rodrygo por 'não confiar' em Vinicius Jr.

Em entrevista ao jornal Sport, o megaempresário André Cury, conhecido por ser o "braço direito" do Barcelona no mercado sul-americano há muitos anos, afirmou que o Real Madrid só contratou o atacante Rodrygo, em 2019, porque achou que havia errado ao gastar 60 milhões em Vinicius Jr. uma temporada antes.

Segundo o agente brasileiro, os blaugranas também observavam Rodrygo e chegaram a enviar vários emissários a Santos para começar negociação pelo "Rayo". No entanto, os merengues vieram logo em seguida com um "caminhão" de dinheiro e levaram o garoto.

"O Real Madrid não confiava em Vinicius. Eles temeram ter contratado o jogador errado, e nós o correto. Por isso hoje eles têm dois jogadores da mesma idade, da mesma posição e sem passaporte europeu", afirmou.

"Eu conhecia o Rodrygo há muito tempo. Ele tinha o perfil ideal para jogar no Barça. Comecei a negociar com seu agente, Nick Arcuri. O Barcelona esteve duas vezes reunido aqui no Brasil com o presidente do Santos. Participaram Óscar Grau, Pep Segura e eu. Eu disse que a gente tinha que sair da reunião com negócio fechado. Não conseguimos. Em seguida, veio o Madrid", lembrou.

De acordo com Cury, os valores oferecidos pelos culés estavam muito distantes das "loucuras" financeiras feitas por Florentino Pérez para assegurar as contratações de Vinicius Jr. e Rodrygo.

"(A proposta do Barcelona) era de 18 milhões de euros por Vinicius e 20 milhões de euros por Rodrygo. O Madrid gastou 60 milhões de euros só no Vinicius: 45 da transferência, 6 de comissão, 8 de bônus de assinatura e 3 milhões de luvas. Com Rodrygo, foram 65 milhões de euros. Pagaram cinco vezes mais de bônus de assinatura e luvas do que a gente faria", relatou.

"Apesar de tudo, o pai de Rodrygo depois me ligou e disse que preferia o Barcelona, se a gente conseguisse chegar a um acordo com o Santos. No entanto, não houve acordo entre clubes, já que nós colocamos o dinheiro da transferência em cima da mesa e dissemos que não colocaríamos um euro a mais do que o oferecido", finalizou.

Desde que foi contratado pelo Real, Rodrygo soma 49 partidas, com 9 gols marcados.

Assim como Vinicius Jr., ele atuou antes pelo Real Madrid Castilla, a equipe B dos merengues, antes de ser promovido ao time principal.