<
>

Kane ou Salah: TV francesa revela possíveis alvos do PSG caso Mbappé deixe o clube

play
Toque por cima e pisada na bola: toda qualidade do bobinho do PSG, abrilhantado por Mbappé (0:13)

Via Instagram @psg | Equipe francesa treinou nesta sexta-feira (0:13)

Mesmo com as suas atenções voltadas para o confronto decisivo diante do Bayern de Munique, pelas quartas de final da Uefa Champions League, o Paris Saint-Germain já se movimenta (e muito) nos bastidores de olho na próxima janela de transferências na Europa.

E a postura do clube ser agressiva ou não passará principalmente pelo processo de renovação contratual com Kylian Mbappé, que entrará em seu último ano de vínculo na França ao final da atual temporada.

Alerta sobre a chance de perder o craque de graça no futuro, os diretores do PSG já têm um plano traçado, segundo a TV francesa Téléfoot.

De acordo com o veículo, o atacante tem evitado as conversas sobre sua renovação para se concentrar totalmente na reta final da temporada.

Mesmo assim, caso essas conversas não avancem nos próximos meses, a tendência é de que Mbappé acabe negociado pelo clube na última oportunidade de conseguir uma grande transferência.

O Real Madrid desponta neste momento como o maior interessado em contratar a joia francesa, e vem monitorando a situação de perto.

Neste cenário, o PSG sabe que precisará de uma reposição de peso no ataque, e pode buscar isso na Premier League. A Téléfoot aponta que os parisienses já estudam investidas por Harry Kane, do Tottenham, ou Mohamed Salah, do Liverpool.

Quem despontaria como favorito no clube francês é o atacante dos Spurs, que vem uma relação próxima com Mauricio Pochettino desde os tempos em que trabalharam juntos em Londres.

No último sábado (10), o portal The Athletic revelou que Kane deverá pressionar seus dirigentes no Tottenham para uma transferência após o fim desta temporada.

A razão seria uma insatisfação pela possível ausência do clube na próxima Uefa Champions League, além da ausência de protagonismo da equipe na disputa pelos principais títulos da Europa.