<
>

Botafogo empata, se complica e vê Volta Redonda se garantir nas semifinais

O Botafogo empatou por 2 a 2 com o Volta Redonda, neste sábado, no Raulino de Oliveira. Com o resultado, os alvinegros chegaram a 12 pontos e ficaram em situação delicada no Campeonato Carioca. Já o Voltaço assumiu a liderança com 20 e já está garantido na semifinal do Estadual.

O Botafogo abriu o placar no início, com Felipe Ferreira. Só que o Volta Redonda empatou ainda no primeiro tempo, com Luciano Naninho. Na etapa final, os alvinegros voltaram a ficar a frente no placar, com Rafael Navarro. Mais uma vez, o Voltaço igualou o marcador, com Alef Manga.

Na próxima rodada, o Botafogo terá o clássico contra o Fluminense, no próximo domingo. Já a Portuguesa encara no mesmo dia o Flamengo.

Assim como aconteceu contra a Portuguesa, o Botafogo foi eficaz logo no primeiro ataque, aos dois minutos. Marco Antônio achou Felipe Ferreira, que chutou no canto de Vinícius.

O revés foi sentido pelo Volta Redonda, que viu o Botafogo quase ampliar aos nove minutos. Marco Antônio chutou para grande defesa de Vinícius.

Aos poucos, o Volta Redonda equilibrou o jogo e passou a chegar ao ataque com mais intensidade. No entanto, os donos da casa impediam qualquer lance de perigo.

Quando conseguiu passar pela marcação alvinegra, o Volta Redonda chegou ao empate aos 39 minutos. Luciano Naninho recebeu passe na área e chutou cruzado, sem chance para Douglas Borges.

Nos minutos finais, o confronto ficou aberto. O Botafogo quase marcou o segundo, com Felipe Ferreira. Só que o placar seguiu igual até o intervalo.

No segundo tempo, o Volta Redonda veio melhor e tentou pressionar o Botafogo. Só que os alvinegros aproveitaram os espaços para marcar o segundo gol, aos seis minutos. Rafael Navarro foi lançado, ganhou da marcação e tocou na saída de Vinícius.

Os donos da casa não mudaram o ritmo após o revés e seguiu em busca do gol. O Botafogo continuou avançando nos contra-ataques e quase fez o terceiro, com Luiz Otávio.

O Volta Redonda conseguiu chegar ao empate aos 15 minutos. Luciano Naninho achou Alef Manga na área e o atacante chutou no canto de Douglas Borges.

A partir dai, o jogo voltou a ficar aberto, com as duas equipes em busca do gol. Mas o que se viu foi uma sucessão de erros de passes e finalizações em ambas as partes.

O panorama da partida seguiu o mesmo nos minutos finais. Com isso, o duelo permaneceu empatado no Raulino de Oliveira.