<
>

Ex-Real Madrid diz que Sergio Ramos precisa ficar e brinca: 'Não sairia nem com a Guarda Civil'

play
Cicinho explica importância de Zidane para Vinicius Jr. e dispara: 'Às vezes, ele vai trocar um gol por um drible' (1:47)

Ex-lateral deu entrevista exclusiva à ESPN Brasil (1:47)

Entre os ícones do atual elenco do Real Madrid, o zagueiro Sergio Ramos tem futuro incerto no clube espanhol. O seu contrato vai até o dia 30 de junho deste ano e, por enquanto, a renovação ainda não foi acertada. Porém, para um ex-jogador do Merengue, o defensor tem que permanecer na equipe da capital espanhola.

El Clásico Real Madrid x Barcelona acontecerá no sábado 10 de abril, às 16h (horário de Brasília), e terá transmissão ao vivo de ESPN Brasil e ESPN App, além de acompanhamento em tempo real do ESPN.com.br, com VÍDEOS de lances e gols. A cobertura começa já às 15h, em live com Gustavo Hofman e os ex-jogadores Edmílson e Júlio Baptista no YouTube da ESPN e nas páginas de ESPN e FOX Sports no Facebook; e na TV, a partir das 15h30, com o SportsCenter Abre o Jogo.

Jogador dos Blancos por mais de uma década (1982 a 1996), o ex-meia Míchel, que também vestiu a camisa da seleção da Espanha, afirmou que seria melhor para o Real se Ramos continuasse a serviço da equipe.

"Se estivesse no lugar de Sergio Ramos e fosse jogador do Real Madrid jamais sairia, pois considero que ele tem um currículo repleto de títulos e prestígio. Estar no Real Madrid do princípio ao fim (da carreira) é algo digno de registo, mas é óbvio que não sei o que se passa nas negociações", disse o ex-jogador, em entrevista ao programa "El Larguero" da rádio espanhola "Cadena SER".

Míchel ainda brincou e disse que, se estivesse na mesma situação que à de Sergio Ramos, não deixaria o clube espanhol nem mesmo se a Guarda Civil espanhola o tirasse de lá.

"Como eu vivi no Real Madrid, sei o que o clube significa. Não sairia nem com a Guarda Civil", prosseguiu.

"Será muito melhor para o Real Madrid se Sergio Ramos ficar", concluiu.

Se recuperando de uma cirurgia no joelho esquerdo, Ramos tem sido um importante desfalque do Real nas úlimas semanas e inclusive não estará em campo no próximo sábado (10), para o El Clásico, válido por LaLiga.

Desde 2005 no clube da capital espanhol, após ter se transferido do Sevilla, o zagueiro está com 35 anos. Na atual temporada, a de número 16 pelo Real, Ramos tem 20 jogos disputados e quatro gols marcados.