<
>

Recopa: Jornal argentino detona VAR depois de anulação de gol do Defensa y Justicia contra o Palmeiras

O Palmeiras saiu de campo com a vantagem para o jogo de volta da Recopa Sul-Americana após vitória por 2 a 1 sobre o Defensa y Justicia. Os argentinos, porém, saíram de campo na bronca por conta de um gol anulado.

No final do segundo tempo, Walter Bou recebeu cruzamento na segunda trave e empurrou para o fundo das redes, empatando a partida em 2 a 2. Um impedimento de Braian Romero, porém, foi assinalado pela arbitragem e confirmado pelo VAR.

O diário argentino Olé, após a partida, detonou a atuação do árbitro de vídeo por conta da anulação do gol, falando sobre a falta de decisões justas que o mecanismo trouxe.

“O primeiro duelo foi para a equipe paulista, simplesmente, porque foi contundente e, além disso, porque o famoso VAR parece ter chegado para não tomar nenhuma decisão justa”, escreveu o jornal.

Dentro de campo, as reclamações renderam punições. Ainda com a bola rolando, Sebastián Beccacece foi punido. Após o apito final, o zagueiro Frías foi quem recebeu o cartão amarelo.

O diário argentino ainda falou sobre outros aspectos da partida, elogiando o maior volume de jogo do Defensa y Justicia e repetindo o discurso de que o Palmeiras apostou no pragmatismo.

O jogo de volta será disputado em Brasília, na próxima quarta-feira (14), às 21h30. O Alviverde possui a vantagem do empate para ficar com a taça. Caso o Halcón vença por um gol de diferença, a partida irá para os pênaltis.