<
>

'Que jogador...': a conversa de brasileiro do Liverpool com presidente do Real sobre Vinicius Jr

Logo após a vitória do Real Madrid por 3 a 1 sobre o Liverpool no jogo de ida das quartas de final da Uefa Champions League, o presidente do clube merengue, Florentino Perez, Vinicius Jr e Fabinho se encontraram nos corredores de acesso ao vestiários e bateram um papo descontraído.

El Clásico Real Madrid x Barcelona acontecerá no sábado 10 de abril, às 16h (horário de Brasília), e terá transmissão ao vivo de ESPN Brasil e ESPN App, além de acompanhamento em tempo real do ESPN.com.br, com VÍDEOS de lances e gols. A cobertura começa já às 15h, em live com Gustavo Hofman e os ex-jogadores Edmílson e Júlio Baptista no YouTube da ESPN e nas páginas de ESPN e FOX Sports no Facebook; e na TV, a partir das 15h30, com o SportsCenter Abre o Jogo.

Fabinho, hoje no Liverpool, atuou pelos merengues em 2012 e 2013. Ele chegou ao Santiago Bernabéu com 18 anos e fez 30 jogos naquela temporada pelo Castilla, time B do Real Madrid.

Com boas atuações, ganhou a oportunidade de atuar no time principal com José Mourinho, mas logo foi transferido para o Monaco e posteriormente para o Liverpool, onde mudou de posição e hoje atua como meio-campo ofensivo.

''Com a gente você jogou como lateral direito'', relembrou Perez.

Fabinho, por sua vez, logo respondeu e reconheceu o talento do jovem atacante do Real:

"Sim, mas para jogar de volta agora... Que jogador você tem como Vinicius!", disse o lateral.

Com grande atuação, Vinicius Jr marcou dois dos três gols dos comandados por Zinédine Zidane e foi eleito o melhor em campo. O ex-flamenguista igualou uma marca que pertencia a ninguém menos que Ronaldo "Fenômeno" e se tornou o 2º jogador brasileiro a fazer mais de um gol em uma partida de mata-mata de Champions pelos merengues. R9 é o outro, com seu hat-trick contra o Manchester United, em 2003.

Além disso, Vinicius ficou perto de uma marca que pertence a outra grande lenda do clube merengue: o Raúl González. O brasileiro agora é o 2º mais jovem a fazer um gol pelo Real Madrid em confronto por mata-mata de Liga dos Campeões, com 20 anos e 268 dias.