<
>

Revolução para Mourinho? Jornal faz lista de sete estrelas que Tottenham pode vender

A fraca temporada do Tottenham pode causar profundas mudanças no elenco no meio do ano. O jornal inglês “The Mirror” diz que o técnico José Mourinho está bastante insatisfeito e pode vender até sete jogadores nos próximos meses.

Veja a lista da "barca" que pode deixar os Spurs:

Serge Aurier
Mourinho não gosta do lateral e tentou vendê-lo no ano passado, sem sucesso. O treinador contratou até Matt Doherty para tentar substituí-lo, mas o jogador não obteve o sucesso esperado. Para dificultar o relacionamento, Aurier saiu furioso do estádio após uma discussão acalorada no intervalo ao ser substituído durante a derrota para o Liverpool.

Dele Alli
O treinador demonstrou que não confia no meia-atacante, que era um dos destaques do time de Pochettino. Além de várias broncas públicas, Mourinho dificilmente deixa Alli atuar uma partida completa: foram apenas 10 na atual temporada. O presidente dos Spurs, porém, não quer vendê-lo por um preço baixo.

Harry Winks
A chegada de Pierre-Emile Hojbjerg acabou com a sua sequência na equipe. A concorrência com Tanguy Ndombélé, Giovani Lo Celso e Moussa Sissoko praticamente encerraram as chances do jogador de ser titular. O Atlético de Madrid e o Everton estão entre os clubes interessados em Winks, que pode render um bom dinheiro aos cofres do Spurs.

Davinson Sánchez
Mourinho já alfinetou o colombiano por meio de entrevistas, principalmente após a falha no último fim de semana. Contratado em 2017 por um alto valor, o zagueiro nunca convenceu na equipe de Londres. O maior problema é arrumar um clube interessado em pagar um valor que os Spurs considerem razoável.

Ryan Sessegnon
O jogador, emprestado ao Hoffenheim, poderá voltar ao Tottenham no meio do ano. O problema é que ele não causou boa impressão em Mourinho quando ambos trabalharam juntos. O português não faria oposição a uma saída do jovem que custou 25 milhões de libras (R$ 191 milhões).

Juan Foyth
Cedido ao Villarreal, Foyth tem jogado regularmente. A ideia do time inglês é vendê-lo por 15 milhões de euros (R$ 99 milhões) ao clube espanhol.

Erik Lamela
O argentino deve ser vendido caso não renove o vínculo que se encerra no meio de 2022. Apesar de ser um jogador bastante importante sob o comando de Mourinho, o presidente do Tottenham não quer correr o risco de ficar com um atleta insatisfeito por uma temporada e perdê-lo de graça.