<
>

Milan sofre com Ibrahimovic apagado, só empata com a Sampdoria e pode ver a Inter disparar na Série A

Poderia ser pior, mas o Milan ficou longe de voltar em grande estilo no Campeonato Italiano após a parada para as eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2022. Mesmo dentro do San Siro, a equipe de Zlatan Ibrahimović ficou no 1 a 1 com a Sampadoria.

Com o resultado, o time rossoneri pode ver a rival Inter de Milão disparar ainda mais na liderança da Serie A.

A igualdade como mandante deixa o clube nos 60 pontos após 29 jogos disputados, na segunda colocação.

A Internazionale tem duas partidas a menos, e 65 pontos.

Já a equipe de Gênova, que desperdiçou a chance de embalar uma sequência de duas vitórias seguidas, fica nos 36 pontos, na 10ª colocação.

Time de Pioli inofensivo no ataque, sofre

Mesmo dentro de casa, o Milan não conseguiu se impor como uma equipe que briga nas primeiras posições. 'Encaixotado' pela defesa armada por Claudio Ranieri, o time de Stefano Pioli passou toda a primeira etapa sem um chute sequer no gol defendido por Audero.

No outro lado, Donnarumma precisou intervir em ao menos duas oportunidades para evitar que os visitantes saíssem na frente no placar. Sem conseguir infiltrar na defesa da equipe de Gênova, o Milan teve no volante Kessié seu jogador com maior posse de bola na etapa inicial.

Poderia ser pior

Aquilo que já estava ruim conseguiu ficar ainda pior no segundo tempo. Enquanto ia em bloco para o campo ofensivo, Theo Hernández cometeu um erro fatal.

Com certa displicência, o lateral tentou um passe lateral à frente da grande área, e pegou desprevenidos seus companheiros. Atento ao lance, o experiente e decisivo Quagliarella aproveitou o erro defensivo e bateu por cobertura, sem chances de defesa para Donnarumma.

À frente do placar, a Sampdoria ainda ficou o restante da partida com um jogador a menos após o francês Adrien Silva ser expulso ao receber dois cartões amarelos.

Pressionando em busca ao menos do empate, o Milan conseguiu seu gol apenas nos minutos finais.

Em uma das poucas oportunidades de encontrar espaço na defesa da Sampdoria, o jovem Hauge recebeu no ataque, limpou os marcadores e bateu fora do alcance de Audero, deixando tudo igual no placar, aos 42 do segundo tempo.

E agora?

Após a partida deste fim de semana, o Milan voltará a campo apenas no próximo sábado (10), contra o Parma, fora de casa, novamente pela Serie A. Já a Sampadoria atuará no dia seguinte, o domingo (11), contra o Napoli, dentro do Luigi Ferraris.