<
>

Dybala pede desculpas após ser multado pela polícia furando quarentena

O argentino Paulo Dybala, atacante da Juventus, pediu desculpas após ser flagrado em festa na noite quarta-feira (31). O evento aconteceu na casa do meia Weston McKennie e contou também com a presença do meia brasileiro Arthur, todos jogadores da Juventus.

Na postagem, o jogador minimiza o episódio e disse que não se tratava de uma festa, mas sim de um jantar entre amigos.

"Eu sei que este é um momento difícil para o mundo devido à COVID-19, seria melhor não ter errado, mas eu errei em ter saído para jantar. Não foi uma festa, mas cometi um erro e peço desculpas”, disse Dybala em postagem no Instagram.

Segundo o jornal Gazzetta dello Sport, o evento contava com cerca de 20 pessoas e foi interrompido pela polícia italiana. Festas estão proibidas na Itália como medida para conter o avanço da COVID-19 e todos os presentes foram multados.

A Juventus ainda não se pronunciou oficialmente sobre o ocorrido, mas é provável que, além das multas da polícia, Arthur, Dybala e McKennie sofram punições da Velha Senhora.

O jantar aconteceu a menos de três dias do importante clássico contra o Torino no próximo sábado, encontro em que a Juventus está pressionada a vencer depois de uma temporada muito ruim até agora.

O time de Andrea Pirlo, antes da pausa internacional perdeu por em casa para o Benevento, é terceiro e está a dez pontos do líder, a IInter de Milão, além de ter sido eliminado pelo Porto da Uefa Champions League.