<
>

Robson, do Fortaleza, não jogou com Rogério Ceni no São Paulo, já trabalhou como padeiro e quis ser goleiro

Contratado pelo Fortaleza no começo da temporada, Robson já marcou dois gols em cinco partidas pelo clube tricolor, que jogará pela Copa do Nordeste contra o Santa Cruz.

O FOX Sports transmite Fortaleza x Santa Cruz ao vivo, nesta terça-feira (23), a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Natural de Sumaré, interior de São Paulo, o jogador trabalhou na padaria com seu pai antes de se firmar de vez no futebol.

"Eu ajudava meu pai na padaria da família, fazia pão francês e dava uma ajuda com alguns doces também. Meu pai era quem mais botava a mão na massa, mas eu aprendi um pouco também", explicou Robson, em entrevista à ESPN, em 2016.

Após começar como goleiro, ele mudou de posição até virar atacante.

"Mesmo com todo esse 1,75m que eu tenho de altura, minha primeira posição foi de goleiro. Eu ainda era bem moleque, antes mesmo de fazer peneira em clube, mas meus primeiros jogos foram defendendo o gol, e não atacando", disse o jogador.

Revelado na Ponte Preta, o jogador passou por São Caetano-SP, Rio Claro-SP, Comercial-SP e Ferroviária-SP antes de chegar ao Paraná. Destaque na Série B, com oito gols e cinco assistências, o atleta foi contratado pelo São Paulo, em setembro de 2016.

Indicado por Pintado, o atacante não pensou duas vezes em ir para o Morumbi. A primeira partida de Robson pelo time tricolor foi no clássico contra o Santos. Apesar da derrota por 1 a 0, ele saiu elogiado pelo técnico Ricardo Gomes.

“A estreia foi muito boa e vencemos. Eu só tinha sido uma vez no Morumbi e jogando contra. Tinha uns 55 mil torcedores e foi muito bom para mim. Entrei no final, mas foi muito marcante”, falou.

Depois disso, o atacante fez mais seis jogos até o final da temporada. Com a chegada do técnico Rogério Ceni, no começo de 2017, ele não teve mais espaço na equipe. Apesar de ter achado que ficaria mais tempo no São Paulo, o atacante garantiu à época que não guardou mágoa pela passagem.

Robson voltou a brilhar com a camisa do Paraná, que subiu para a Série A do Brasileiro, antes de jogar uma temporada pelo Bangkok United, da Tailândia. Em 2019, ele ajudou o Coritiba a obter o acesso para a elite nacional. Destaque por duas temporadas do time paranaense, ele foi contratado pelo Fortaleza no começo da temporada.

Na edição da Copa do Nordeste, o time comandado por Enderson Moreira está na segunda posição do Grupo B, com duas vitórias e dois empates em quatro jogos.