<
>

Copa do Brasil: Vasco faz jogo duro com a Caldense, segura pressão no 2º tempo, avança com empate e encara o Tombense na segunda fase

Nesta quinta-feira (18) o Vasco fez a estreia na Copa do Brasil e avançou de fase graças a um empate. Jogando em Poços de Caldas, em Minas Gerais, o clube carioca ficou no 1 a 1 com a Caldense e, como visitante, levou vantagem no confronto e está na segunda fase.

Com a classificação, além dos R$ 560 mil já garantidos na primeira fase, o Vasco embolsou mais R$ 675 mil por ter avançado. O valor da premiação, menor do que o de outros clubes, se dá pelo fato de a equipe carioca ter descido algumas posições no Ranking da CBF, ocupando o 15º lugar.

Na segunda fase, o clube de São Januário terá pela frente um outro clube mineiro. Após empatar em 0 a 0 com Nova Mutum, o Tombense avançou e será adversário dos cariocas na próxima fase. O confronto só acontecerá em abril.

No fim de semana, o Cruz-Maltino volta seu foco ao Campeonato Carioca, onde ainda busca a sua primeira vitória. O adversário será o rival Botafogo, no domingo (21), pela quarta rodada do estadual, em São Januário.

Assim como a Caldense, que também no domingo tem pela frente a URT, fora de casa, pelo Campeonato Mineiro. Vale lembrar, que em Minas Gerais, por conta das medidas de segurança contra a COVID-19, o estadual será paralisado a partir de segunda-feira (22).

Zeca estreia, Cano no banco e placar aberto no 1º tempo

Para a partida, o técnico Marcelo Cabo, que fez o seu segundo jogo à frente do Cruz-Maltino, promoveu algumas mudanças em relação ao time que empatou em 2 a 2 com o Nova Iguaçu, na última rodada do Campeonato Carioca. Além da manutenção do zagueiro Ernando, outros dois reforços também começaram entre os titulares: o meia Marquinhos Gabriel e o lateral Zeca, que enfim fez a sua estreia.

Apesar de recuperado de lesão, o atacante Germán Cano, artilheiro do clube carioca na última temporada, começou no banco, com a titularidade ficando com Tiago Reis. Já o zagueiro Leandro Castan, que também estava machucado, foi pela primeira vez relacionado, mas começou na reserva.

E a primeira boa chance do 1º tempo foi exatamente do Vasco, que aos 13 minutos chegou com perigo. Gabriel Pec deu bom passe para Tiago Reis, que driblou o goleiro, mas perdeu o ângulo e depois também errou bola para Talles Magno, que chegava no lance.

Aos 19 minutos, o clube carioca chegou mais uma vez. Andrey aproveitou a sobra de uma cobrança de escanteio e soltou uma paulada de fora da área. O goleiro Passarelli, porém, estava atento e fez grande defesa.

A única boa chance da Caldense no etapa inicial aconteceu aos 27, após bobeada de Bruno Gomes na saída de bola. O atacante Amarildo aproveitou, saiu na cara de Lucão, finalizou, mas o goleiro vascaíno também fez grande defesa.

Foi então que, aos 33 minutos, o Vasco, que estava melhor na partida, aproveitou e inaugurou o placar. Após cobrança de falta, que desviou na barreira, Marquinhos Gabriel marcou e também comemorou seu primeiro gol com a camisa cruz-maltina.

Vasco leva empate, mas confirma vaga

Na volta para o 2º tempo, o Vasco manteve a pressão sobre o clube mineiro e, logo aos 4 minutos, quase marcou o segundo. MT fez grande jogada pela esquerda, invadiu a área e cruzou para Tiago Reis, que tentou de cabeça, mas Passarelli vez grande defesa. No rebote, Gabriel Pec, com o gol livre, errou o alvo.

Com o desenvolver da partida, o clube mineiro começou a levar mais perigo à meta de Lucão. Primeiro aos 6 minutos, com Torrini, que arriscou fialização de fora da área, mas a bola acabou subindo demais.

Em seguida, aos 13 minutos, Lucão saiu de forma estranha do gol, afastou a bola de soco, e no rebote Lucas Silva quase deixou tudo igual, finalizando bem próximo ao gol.

Depois, aos 22 minutos, Belão arriscou com perigo de fora da área e mais uma vez pediu atenção do goleiro cruz-maltino.

Foi então que o técnico Marcelo Cabo fez muitas mexidas e tirou Talles Magno, Zeca, Marquinhos Gabriel e Tiago Reis de campo, para as entradas de Vinícius, Léo Matos, Juninho, e Germán Cano, respectivamente. O atacante argentino, inclusive, fez a sua estreia na temporada.

O jogo esquentou aos 36 minutos, quando depois de muita pressão a Caldense chegou ao empate. Sem marcação, o meia Bruno Oliveira recebeu livre na entrada da área e bateu no canto de Lucão, deixando tudo igual.

Apesar do empate, o Vasco conseguiu segurar o 1 a 1 e, como visitante no confronto, levou a vantagem e confirmou a classificação.

Ficha técnica

Caldense 1 x 1 Vasco

GOLS: Marquinhos Gabriel (Vasco); Bruno Oliveira (Caldense)

CALDENSE: Lucas Passarelli; Danilo Belão, Jonathan Costa, Guilherme Martins e Rafael Verrone; Lucas Silva, Gabriel Tonini (Wagner), Rafael Peixoto (Rincon), Bruno Oliveira e Rafael Lazari (Denis); Amarildo (Denílson Gabionetta). Técnico: Marcos Paulo.

VASCO: Lucão; Zeca (Léo Matos), Ernando, Ricardo Graça e MT; Bruno Gomes, Andrey, Gabriel Pec, Talles Magno (Vinícius) e Marquinhos Gabriel (Juninho); Tiago Reis (Germán Cano). Técnico: Marcelo Cabo.

Estatísticas

- O Vasco segue sem vencer vez na temporada

- O clube carioca vinha de 2 derrotas e 1 empate no Campeonato Carioca

- O Vasco nunca foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil em 30 edições disputadas

- Marquinhos Gabriel marcou seu gol com a camisa do Vasco

- A Caldense foi eliminada, pelo ano consecutivo, ainda na primeira fase da competição

- O clube mineiro tem apenas 7 participações e nunca passou da segunda fase

- A Caldense segue sem perder na temporada


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana, pelos estaduais.

  • Domingo, 21/03, 16h*, URT x Caldense, Campeonato Mineiro

  • Domingo, 21/03, 18h*, Vasco x Botafogo, Campeonato Carioca

*horário de Brasília