<
>

Rival do Palmeiras diz que 'nem todo mundo é milionário' e detona governantes: 'Se estivessem preocupados, abaixavam o imposto'

O Palmeiras conseguiu importante vitória por 3 a 0 sobre o São Caetano na noite desta quinta-feira (11) em partida adiada da 1° rodada do Campeonato Paulista. Mas, após a partida, o goleiro Luiz fez duro desabafo sobre momento vivido no Brasil.

Atuando em meio à pandemia do coronavírus, o arqueiro analisou a partida que o seu time fez, mesmo com a derrota, e criticou a atitude dos governantes no combate à doença.

"Primeiro tempo fomos facilmente envolvidos, tomamos três gols, no terceiro nem vi a bola, sem tempo de reação. No segundo tempo fechamos mais o meio de campo. Neste momento de pandemia temos que entender tudo que está passando. É cobertor curto, cobre a cabeça, descobre os pés”, disse.

“Todo mundo em casa, imposto subindo, e todo mundo fala que no futebol todo mundo é milionário. 97% dos clubes não são assim. Os governadores não estão preocupados com a vida do ser humano, se estivessem, abaixa o imposto, mas não dessa forma. Agora é refletir e ajusta a casa", diz o goleiro do São Caetano”, completou.

Com somente um ponto conquistado em três partidas, o São Caetano é lanterna do grupo D do Estadual e volta a campo no próximo domingo (14), para enfrentar o Corinthians.

A partir de segunda, porém, o torneio deve ser paralisado, por conta das medidas tomadas pelo governo paulista para conter o avanço da doença. A FPF, porém, ainda busca uma alternativa para disputa dos jogos.