<
>

Manchester United: Bruno Fernandes se irrita ao ser questionado sobre desempenho ruim contra times do 'Big Six'

Um dia antes do clássico contra o Manchester City, pela Premier League, o meia Bruno Fernandes, do Manchester United, não gostou de ser questionado sobre seu desempenho ruim contra os clubes do chamado "Big Six" na temporada.

A ESPN Brasil e o ESPN App mostram o clássico de Manchester com exclusividade neste domingo, às 13h30 (de Brasília)

Apesar de ter excelentes números em 2020/21 (22 tentos e 13 assistências em 40 jogos), o português ainda não conseguiu marcar nos sete confrontos que teve contra os grandes do país (City, Liverpool, Chelsea, Tottenham e Arsenal).

Em entrevista à Sky Sports, Fernandes ficou claramente contrariado com as questões sobre seu "jejum" e ironizou ao dizer que as pessoas sentem que ele é "obrigado" a marcar em todos os jogos.

"Eu não sei o que as pessoas querem dizer quando falam de 'Big Six', porque vários desses times não estão entre os seis melhores da tabela", afirmou, lembrando que, atualmente, o top 6 da Premier League tem Leicester City, Everton e West Ham.

"Eu marquei gols, sim, contra alguns deles. Marquei contra o Tottenham recentemente. Mas, para algumas pessoas, parece que gols de pênalti não contam", reclamou.

"Parece que as pessoas esperam que o Bruno faça gols ou dê assistências em todo jogo, porque, quando eu cheguei, de fato estava jogando bem. Se você olhar minhas estatísticas, vai achar que o Bruno tem que fazer gol todo jogo, dar assistência todo jogo...", seguiu.

"É claro que eu gostaria de fazer isso, pois são as coisas mais importantes do futebol. Mas, como jogador, eu não fico olhando para 'Big Six' ou para o resto dos times. Eu encaro todo jogo da mesma forma. A Premier League não é uma corrida de arrancada, mas sim uma maratona. Então, você não tem que fazer gols só contra o 'Big Six', tem que fazer gols e ganhar de todo mundo", salientou.

"As pessoas falam que o Bruno não está jogando bem contra os times do 'Big Six', que o Bruno fica perdendo bolas quando o United está perdendo... Eu concordo que, nas últimas duas partidas, de fato não joguei bem. E eu não preciso ficar olhando estatísticas para saber quando joguei bem ou não. Eu sei quando fui bem e quando fui mal", encerrou.

No momento, o United é vice-líder da Premier League, 14 pontos atrás do City. Se vencerem o clássico, os "Diabos Vermelhos" encurtam a diferença para "apenas" 11 pontos...