<
>

Ex-Barcelona fala de fracasso de ex-palmeirenses: 'Em alguns países é preciso cuidado porque às vezes te enganam'

Presidente do Barcelona entre 2003 e 2010, Juan Laporta ficou marcado por ser o responsável pela contratação de Ronaldinho Gaúcho, mudando a história do clube. Porém, outros dois brasileiros com quem ele fechou acabaram ficando marcados negativamente também.

Ex-jogadores do Palmeiras, Keirrison e Henrique foram contratados por Laporta em janelas consecutivas, em junho de 2008 e janeiro de 2009, com o atacante vindo por último.

Henrique custou 8 milhões de euros na época, mas nunca sequer entrou em campo pelo Barça. Keirrison, vendido pelo alviverde por 14 milhões de euros e com a promessa de ser o futuro camisa 9 da seleção brasileira, também jamais pisou em campo pelo clube catalão.

Em entrevista ao jornal "La Vanguardia", Laporta abriu o jogo sobre as duas contratações.

"O resultado não foi bom. Mas vamos nos situar. Já tinhamos contratado Márquez, Ronaldinho, Quaresma, Deco, Eto’o, Giuly, Beletti, Larsson e Edmilson. Henrique acabou sendo zagueiro da seleção, Keirrison havia sido artilheiro do Paulista. Agora que tenho experiência sei que em alguns países é preciso ter cuidado porque às vezes te enganam", analisou.