<
>

Flamengo: Empresário de Rafinha chega ao Rio para definir situação

play
De 0 a 10, o quão perto Rafinha está do Flamengo? Braz dá número, se diverte e brinca: 'Com 5 você já passa em muitos colégios' (0:29)

VP de futebol do rubro-negro falou em exclusividade com Pedro Henrique Torre, repórter da ESPN (0:29)

O lateral-direito Rafinha negocia com a diretoria do Flamengo seu retorno ao clube. No entanto, as conversas esfriaram nos últimos dias. A pedida salarial do jogador foi considerada muito alta pelos dirigentes rubro-negros. Com isso, a volta do atleta foi posta em risco.

Assim, o empresário de Rafinha, o ex-jogador Lincoln, veio para o Rio de Janeiro para tentar um acerto com o Flamengo. A expectativa é que haja uma definição até o final de semana.

A diretoria flamenguista tenta a conclusão da negociação para agilizar a saída do lateral-direito João Lucas. O jogador tem proposta do Cuiabá e deve ser emprestado.

Caso Rafinha retorne ao Flamengo, o experiente lateral terá a concorrência do chileno Isla nesta temporada.

Em entrevista à ESPN Brasil, Braz afirmou que o jogador não está acertado ou chegando, mas os casos de outras negociações como as de Gabigol e Filipe Luís mostram que a situação pode mudar de forma rápida.

“Em nenhum momento eu falei que estava chegando ou fechado. Não sei se outras pessoas falaram. Minha relação com o Rafinha é muito boa, a gente vem tratando de algumas coisas. Mas tem essa parte da pandemia, das receitas. A gente está analisando com calma. O que eu posso falar para você é que sou sempre otimista quando a gente está em uma operação do Flamengo para fazer contratações”, disse.

“Eu me lembro que o Gabigol foi arrastado até as últimas 72 horas do fechamento da janela em janeiro de 2020. O Filipe Luís falavam um monte de coisa e ele veio, na hora certa. É certo para o Rafinha vir agora? Não, a gente está conversando. Mas eu sou sempre otimista, não em relação a essa negociação, mas nas negociações em que eu, o Bruno e o Flamengo está envolvido”, completou.