<
>

Sobrevivente de tragédia da Chapecoense sofre acidente de ônibus que faz 21 vítimas na Bolívia

play
Novo técnico do Vasco fala em 'DNA ofensivo', marcação pressão e jogar no campo do adversário (1:08)

Marcelo Cabo foi apresentado nesta terça-feira pelo clube cruzmaltino (1:08)

Erwin Tumiri foi um dos sobreviventes da tragédia com o avião da Chapecoense em 2016, onde morreram 71 pessoas, a maioria da delegação do clube catarinense. E agora Tumiri esteve envolvido em mais um grande acidente na Bolívia.

O técnico em aviação sobreviveu a um acidente com um ônibus no quilômetro 72 da rodovia que liga Cochabamba a Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Segundo informações do jornal boliviano "Los Tiempos", 21 pessoas morreram e 30 ficaram feridas.

"Ele está estável, graças a Deus. Mais uma vez ele foi salvo. Eu estava muito preocupada. (...) Me sinto feliz pelo meu irmão. Ele está com ferimentos no joelho e arranhões nas costas, está com um corte que vai ser suturado", disse Lucia, irmã de Erwin, ao jornal.

"Conversei com ele, ele disse que está bem. É a força do Senhor, ele sempre cuida de nós no seu tempo", completou.