<
>

Koeman fala sobre prisão de Bartomeu: 'Sempre foi uma pessoa excepcional para mim'

O técnico Ronald Koeman disse nessa terça-feira que a prisão do ex-presidente do Barcelona Josep Maria Bartomeu é 'ruim para a imagem do clube'. Além disso, o holandês afirmou que sentiu por Bartomeu, que segundo ele é uma pessoa excepcional.

Bartomeu foi detido na manhã dessa segunda-feira por suspeita de envolvimento no caso conhecido como 'Barçagate', uma investigação sobre uma empresa contratada pelo clube para realizar campanhas de difamação em redes sociais contra jogadores e cartolas contratários à gestão do dirigente.

'A detenção de Bartomeu é ruim para a imagem do clube. Temos que esperar para ver o que irá acontecer. Não estava aqui nessa época e não vou opinar. Estamos concentrados na recuperação, o resto não me interessa. Quando saiu a notícia fiquei desolado, porque conheço Bartomeu e também Oscar Grau. Me sinto mal por eles. Tive momentos importantes com eles. Bartomeu sempre foi uma pessoa excecional para mim', disse em entrevista coletiva.

Bartomeu, Oscar Grau (diretor geral do clube) e Román Gómez Ponti (diretor jurídico) foram detidos na manhã de segunda-feira. Passaram a noite em uma delegacia na Catalunha e foram liberados provisoriamente nessa terça após audiência na justiça. As acusações são de uma suposta campanha de difamação nas redes sociais contra opositores de Bartomeu.