<
>

Semedo diz que ficou surpreso ao ver Messi sem treinar no Barcelona e explica motivo

A qualidade de Lionel Messi com a bola tem encantado o mundo do futebol ao menos nos últimos 15 anos. Mas não são apenas os torcedores que se rendem diariamente ao argentino, que consegue deixar até mesmo seus companheiros boquiabertos.

Uma das armas do camisa 10 em campo, as cobranças de falta não fazem parte dos treinamentos no Barcelona. Quem revelou isso foi Nelson Semedo, que trabalhou ao lado de La Pulga no clube catalão entre 2017 e 2020.

Em entrevista ao jornal inglês The Telegraph, o português de 27 anos contou que se impressionava com como Messi executava cobranças de tiro livre nos jogos sem fazer a mecânica do chute durante as atividades na Cidade Esportiva Joan Gamper, o CT do Barcelona.

“Realmente não tenho muitas palavras para descrever o quão bom ele é. Sabe o que o torna ainda mais incrível? Nunca o vi cobrar falta no treinamento, em todo o tempo que estive lá. Juro”, disse o português.

“A gente sempre treinava, mas o Messi nunca cobrou uma falta. Para ele, foi natural. Dizem que o treino leva à perfeição, com ele não era treino e ainda era perfeito”.

Contratado para suprir a ausência de Daniel Alves na lateral direita, o português não conseguiu sanar os problemas da equipe no setor e acabou negociado em 2020 com o Wolverhampton para disputar a Premier League.

Segundo Semedo, a decisão sobre sua saída foi tomada pelo Barcelona por conta dos problemas financeiros atravessados nos últimos anos.

“Quando voltei das férias, cheguei a Barcelona com a minha família e conversamos, como costumávamos fazer. Eles me explicaram que o clube estava com problemas financeiros, que eu era um dos jogadores que podia sair e garantir algum dinheiro, e que havia outros na mesma condição que como Suárez, Vidal, Rakitic”.