<
>

Ajax arranca empate nos acréscimos com o PSV graças a gol de pênalti com direito a confusão e bate-boca

O Ajax conseguiu um empate heróico nos acréscimos no clássico contra o PSV, em 1 a 1. O resultado faz com que a vantagem de seis pontos seja mantida a favor do time visitante e faz com que o PSV dependa de tropeços do arquirrival para ainda buscar o título da Eredivisie.

Como esperado, a partida estava bastante brigada e truncada, com poucas oportunidades de gol. Porém, a genialidade entrou em ação em um lance de bola parada. Zahavi, com uma cobrança linda de falta, apenas colocou por cima da barreira e fez 1 a 0.

O brasileiro Antony fazia boa partida, principalmente no início do segundo tempo, mas acabou sendo sacado pelo técnico Ten Hag para a entrada de David Neres, que pouco conseguiu acrescentar à criação dos visitantes.

Apostando no contra-ataque, o PSV chegou a matar o clássico graças a um gol de Vertessen. Porém, a arbitragem assinalou toque de mão involuntário e anulou o segundo gol do time da casa.

O lance parece ter mexido com o Ajax, que não conseguia mais chegar ao campo de ataque. O PSV seguia mortal nos contra-ataques e chegou muito perto do segundo gol com uma cobrança de falta de Max, que Sketelenburg salvou com uma grande defesa.

Os visitantes seguiam pecando na ansiedade e nos inúmeros erros de passe, principalmente na construção de jogadas. Mas, nos minutos finais, graças a um bate rebate na pequena área, o Ajax conseguiu um pênalti após um toque de mão assinalado pela arbitragem. Tadic cobrou no alto, com força, sem chances para o goleiro.

Na próxima rodada, o PSV visitará o Fortuna Sittard, no próximo domingo (7), às 10h30. Por outro lado, o Ajax encara o Heerenveen, pela semifinal da Copa da Holanda, na quarta-feira (3), às 17h.

Ficha técnica

PSV 1 x 1 AJAX

GOLS: Eran Zahavi (PSV); Tadic (Ajax).

PSV: Mvogo; Dumfries, Teze, Viergever e Max; Rosario (Gutierrez), Boscagli, Thomas (Vertessen), Götze, Zahavi e Malen. Técnico: R. Schmidt.

AJAX: Stekelenburg; Rensch (Schuurs), Timber, Martínez (Kudus), Blind; Klaassen e Gravenberch (Brobbey); Álvarez, Antony (David Neres), Tadic, Haller. Técnico: Ten Hag.

Estatísticas

- Posse de bola: AJAX 67% x 33% PSV;

- O clássico entre Ajax e PSV volta a ter ao menos três gols após três partidas;

- Eran Zahavi marcou dois gols pela primeira vez com a camisa do PSV;

- Ajax voltou a sofrer dois gols ou mais dentro da Johan Cruijff Arena pela terceira vez nesta temporada;

- Ajax tem agora uma sequência de cicno partidas de invencibilidade sobre o PSV em todos os campeonatos;

- PSV não vence na Johan Cruijff Arena pela Eredivisie desde 2015;