<
>

Arana diz que ninguém respeitava o Atlético-MG e exalta planejamento: 'Se mantivermos o foco, vamos conquistar grandes coisas'

play
Arana fala sobre saída de Sampaoli do Atlético-MG: 'Estou chateado e surpreso; fora do campo, ele é resenha' (1:02)

Lateral do Atlético-MG venceu como melhor lateral-esquerdo do Campeonato Brasileiro (1:02)

Terceiro colocado do Campeonato Brasileiro e com vaga garantida na fase de grupos da próxima Conmebol Libertadores, o Atlético-MG viveu uma temporada de altos e baixos, com eliminações precoces em competições importantes, mas terminou a campanha conseguindo o seu objetivo. Durante o prêmio Bola de Prata Sportingbet, nesta sexta-feira (26), o lateral-esquerdo Guilherme Arana, eleito o melhor da sua posição na premiação, fez uma análise geral do ano do Galo.

Para o defensor, titular absoluto do clube mineiro ao longo de toda a temporada, o ano da sua equipe começou com muitos questionamentos, inclusive dos rivais, por conta das eliminações precoces. Entretanto, após a chegada do técnico Jorge Sampaoli, tudo mudou, e o Atlético-MG terminou a temporada lá em cima.

"Se a gente for parar para pensar, no começo desta temporada de 2020, o Atlético-MG saiu de competições importantes. Era um time que ninguém respeitava, que não tinha uma ideia de jogo. Professor Sampaoli chegou, chegaram reforços e implantou-se uma filosofia", começou por dizer.

Sobre a próxima temporada, o defensor também deixou claro que, se continuar com o mesmo planejamento, como vem fazendo, incluindo contratações de peso, o Galo tem tudo para brigar por títulos importantes em 2021.

"Formamos uma equipe forte e só vem reforçando com Nacho (Fernández), com Hulk, o próprio Dodô que está chegando agora para reforçar o nosso elenco. Tenho certeza que este ano, se a gente mantiver o nosso foco, nosso trabalho, vamos conquistar grandes coisas", finalizou o lateral.

Na próxima temporada, além da Libertadores e Brasileirão, o clube mineiro também estará envolvido nas disputas da Copa do Brasil e também do Campeonato Mineiro. Entretanto, a equipe não terá mais o técnico Jorge Sampaoli à frente, uma vez que o treinador está a caminho do Olympique de Marseille.