<
>

Conquista pelo Flamengo faz Ceni entrar para seleta lista que conta com Muricy, Joel Santana e mais seis; veja

O Flamengo conseguiu confirmar a conquista do Brasileirão na última quarta-feira (25), mesmo com derrota para o São Paulo por 2 a 1. A emocionante conquista foi a primeira de Rogério Ceni como treinador.

Como jogador, Ceni já havia sido tricampeão brasileiro pelo São Paulo, entre os anos de 2006 e 2008. Agora, Ceni também acumula a conquista como treinador.

E a taça levatada faz Ceni entrar para a seleta lista que conta com nomes como Muricy Ramalho, Joel Santana e Carlos Alberto Torres: a dos treinadores que também foram campeões como jogadores.

Veja abaixo:

  • Ênio Andrade – 1960 (jogador Palmeiras) / 1979, 1981 e 1985 (treinador do Inter, Grêmio e Coritiba, respectivamente);

  • Paulo César Carpegiani – 1975, 76 e 80 (jogador Inter e Flamengo) / 1982 (treinador do Flamengo);

  • Carlos Alberto Torres – 1965 e 68 (jogador do Santos) / 1983 (treinador do Flamengo);

  • Pepe – 1961, 62, 63, 64, 65 e 68 (jogador do Santos) / 1986 (treinador do São Paulo);

  • Joel Santana – 1974 (jogador do Vasco) / 2000 (treinador do Vasco);

  • Emerson Leão – 69, 72, 73 e 81 (jogador do Palmeiras e Grêmio) / 2002 (treinador do Santos);

  • Muricy Ramalho – 1977 (jogador do São Paulo) / 2006, 07, 08 e 10 (treinador do São Paulo e Fluminense);

  • Andrade – 1980, 82, 83 e 89 (jogador do Flamengo e Vasco) / 2009 (treinador do Flamengo)

  • Rogério Ceni - 2006, 2007 e 2008 (jogador do São Paulo) / 2020 (treinador do Flamengo)

Anteriormente, como treinador, Rogério Ceni havia conquistado a Série B, a Copa do Nordeste e duas vezes o Campeonato Cearense pelo Fortaleza.

Rogério Ceni chegou ao Flamengo para a vaga de Domènec Torrent, deixando o Fortaleza. Com o comandante foram 22 jogos, 11 vitórias, cinco empates e seis derrotas.

O Fla encerrou sua participação no Brasileiro com 71 pontos, enquanto o Colorado fez 70 pontos, terminando como vice-campeão.