<
>

Mauro Júnior coloca PSV entre os favoritos da Europa League e revela bastidores de Götze no clube

O PSV levou a pior contra o Olympiakos no jogo de ida dos 16-avos de final da Europa League com a derrota por 4 a 2, na Grécia. No segundo jogo, que terá transmissão exclusiva do ESPN App a partir de 16h55 desta quinta (25), a missão será marcar dois gols para reverter a situação.

Um dos destaques do time holandês é o brasileiro Mauro Júnior, que, em entrevista ao ESPN.com.br, destacou a dificuldade extra de se jogar sem torcida no Phillips Stadion, e apontou o que o time precisa para reverter o placar.

“Será um jogo bom, acredito que entrando em campo 100% focado na partida poderemos vencer. Sem torcida é mais difícil, mas nós temos um belo grupo, uma equipe muito qualificada. Acreditamos em nós mesmos que vamos conseguir essa vaga para a próxima fase”, disse.

“Infelizmente não conseguimos obter um bom resultado no jogo de ida e na quinta precisamos jogar como uma equipe para buscar essa classificação. Vamos lutar até o fim, porque temos que continuar na Europa League que é o nosso maior objetivo da temporada”, completou.

Mesmo com o placar adverso do jogo de ida, o meia brasileiro disse que vê o PSV como um dos favoritos ao título da competição europeia, ao lado das equipes inglesas.

“Eu colocaria nós em primeiro lugar como favoritos, pois acredito muito no nosso grupo. Sei que é difícil, mas o PSV é um clube enorme, que merece estar no topo do futebol europeu. Também coloco as equipes inglesas como candidatas ao título. Futebol inglês sempre vem muito forte em todas as competições que disputam”, apontou.

Um dos reforços da equipe de Eindhoven para essa temporada foi o meia Mario Götze, campeão e autor do gol do título da Alemanha na Copa do Mundo de 2014. Para Mauro, o alemão é uma referência e tem lhe ajudado muito dentro de campo.

“Muito honrado em atuar ao lado de um craque como o Götze, e estou aprendendo dia a dia com ele. Uma pessoa super do bem, humilde demais e está sendo um prazer jogar com um jogador de tão alto nível, e poder apreciar a qualidade que ele tem com a bola”, afirmou.

“O que me marcou muito no Mario é a humildade e calma que ele tem. Um jogador com muita qualidade técnica, mas que joga para a equipe, não pensa só nele, e sim no time. Isso é muito importante para nós, ter um líder como ele dentro e fora de campo”, finalizou.