<
>

Nacho Fernández veste a camisa do Atlético-MG, fala em 'lindo projeto' e diz: 'Me sinto preparado para esse desafio'

play
Atlético-MG seguirá com Victor e Diego Tardelli? A resposta de Rodrigo Caetano (1:14)

Diretor de futebol deu entrevista nesta terça-feira (1:14)

Um dos principais reforços do Atlético-MG para a temporada, Nacho Fernández vestiu pela primeira vez a camisa do clube. Apresentado oficialmente nesta quarta-feira (24) ao lado do presidente Sérgio Coelho e de Rodrigo Caetano, executivo de futebol, o argentino agradeceu todo empenho dos dirigentes para concretizar sua contratação junto ao River Plate.

O clube contou com a ajuda de investidores para a chegar aos US$ 6 milhões (cerca de 32,5 milhões) e acertar a compra dos direitos do armador de 31 anos, que fechou contrato de três temporadas com os mineiros.

“Quero agradecer a todos os dirigentes por esta oportunidade. Quero aproveitar e tratar de cumprir todos os objetivos que teremos como grupo”, disse o meia, falando também sobre a motivação de chegar a Belo Horizonte.

“A motivação que tenho ao vir para o clube é conseguir títulos, de fazer o melhor possível. Sei que está se reforçando muito bem. Que na temporada possamos fazer um grande campeonato. Me sinto preparado para esse desafio. Claro que só um jogador não pode ganhar títulos e campeonatos. É um jogo de equipes. Tomara que possamos fazer da melhor maneira para cumprir os objetivos do clube”.

Mesmo indicado por Jorge Sampaoli para ser peça importante da equipe, o armador fez questão de ressaltar que a saída do treinador não mudará seu ânimo para jogar pelo Atlético-MG. Falando aos jornalistas, o meia ressaltou que a principal razão para acertar com o clube foi o projeto esportivo apresentado.

“Queria agradecer ao Sampaoli e sua comissão por terem confiado em mim. Fizeram um grande trabalho, mas decidiram sair. O principal é que o clube tem um projeto e confiaram em mim para isso. Tomara que tenha todo o êxito”, afirmou Nacho.

“Já conhecia o clube, sua história. Está montando um lindo projeto para a temporada. Isso foi o que motivou a vir ao clube. Tenho muita expectativa de começar a jogar, são objetivos muito importantes que o clube tem. Poder fazer um grande campeonato na Libertadores e também no Brasileirão, e tomara que possamos ganhar”.

Assim como Hulk e Dodô, que chegaram agora ao elenco atleticano, o argentino só poderá ser inscrito como jogador do Atlético-MG em 1º de março, que abrirá a janela de transferências no Brasil. O período ajudará o meia a ficar mais perto da forma física ideal.

“Fisicamente ainda não estou na minha melhor forma. Vou fazer uma preparação rápida para me adaptar o mais rápido possível e estar dentro do campo de jogo, que é o que mais gosto”, disse.

play
2:13

Diretor do Atlético-MG, Rodrigo Caetano explica como será busca do novo técnico e fala em reforços 'pontuais'

Clube terá que substituir Jorge Sampaoli para a temporada 2021