<
>

De olho no Flamengo, Jorge Jesus fecha 'pacto' com presidente e não vai pedir demissão, dizem jornais

Jorge Jesus pensa em um retorno ao Flamengo como próximo passo na carreira, como revelou o ESPN.com.br nesta terça-feira. O treinador, contudo, descarta pedir demissão do Benfica e fechou, inclusive um “pacto” com o presidente Luís Filipe Vieira pela sequência do trabalho.

As informações estão nas capas das edições dos jornais portugueses “Record” e “Correio da Manhã” desta quarta-feira.

Segundo o Record, Jesus “não se considera o principal responsável pela crise” que o Benfica atravessa. Pelo contrário, “vê-se como parte da solução”.

A publicação já havia afirmado que a única possibilidade para a troca no comando seria que o próprio técnico pedisse demissão, que seria aceita por Vieira.

Não é esse o plano de Jesus, contudo, que aposta suas fichas na Uefa Europa League – enfrenta o Arsenal nesta quinta-feira por uma vaga nas oitavas de final após empate em 1 a 1 no jogo de ida – em campo e, fora, não quer abrir mão de seu contrato atual.

O futuro do comando do Benfica também é tema no Correio da Manhã, que revela um “pacto de união” firmado entre Jesus e Vieira. O acerto é justamente para que nem uma parte, nem a outra force uma saída neste momento. Acreditam que ainda é possível reverter a crise.

No Campeonato Português, o Benfica é apenas quarto colocado, com 39 pontos, 15 abaixo do líder Sporting, que tem 54. Atrás também de Porto (44 pontos) e Braga (43), o time de Jesus ficaria fora até mesmo da Champions League da próxima temporada no momento.

Reconhecendo que o título português está muito distante, o pacto firmado por Jesus com Vieira, segundo o jornal, é de lutar pelo 2º lugar, algo que seria “decisivo”.