<
>

Treinos de Mourinho causam incômodo no vestiário do Tottenham, revela site

José Mourinho disse, na última semana, que seus métodos como técnico “não perdem para ninguém no mundo”. Contudo, segundo revela o site “The Athletic”, o sentimento dos jogadores no vestiário do Tottenham é bem diferente.

Nas informações da reportagem, “alguns jogadores estão insatisfeitos com os treinamentos”. Na visão deles, as atividades são “muito defensivas, muito focadas no adversário e não tão intensas como as que eles se acostumaram com Mauricio Pochettino”.

A publicação afirma que ouviu “diversas fontes do vestiário”, que afirmaram, por outro lado, que Mourinho ainda não perdeu o grupo “por completo”.

Mas insatisfação, em meio a um momento que o time venceu apenas um de seus últimos quatro jogos, é crescente. O Tottenham é atualmente nono na Premier League, o que faz com que Mourinho tenha seu futuro discutido, como revelou a ESPN.

O português está no Tottenham há 15 meses, depois de Pochettino ter deixado o clube justamente pelo desgaste na relação com o elenco. Agora, contudo, alguns dos jogadores mais experientes do grupo sentem falta do ex-treinador, segundo a reportagem.

O site cita, como exemplo, o incômodo que havia com os treinos em dois períodos e as poucas folgas com Pochettino. Agora, o grupo sente que não trabalha tão duro.

Ainda nas informações do “The Athletic”, o incômodo é maior entre os atacantes, que entendem que os trabalhos de Mourinho focam demais na defesa e em não cometer erros.

“Alguns atacantes comentaram ainda, de maneira privada, que ainda dependem de movimentos e finalizações no último terço do campo que aprenderam e aprimoraram com Pochettino, porque a pouco trabalho detalhado de ataque com Mourinho”, escreve.