<
>

Premier League: Governo da Inglaterra libera 10 mil torcedores nos estádios na última semana

O primeiro-ministro da Inglaterra, Boris Johnson, anunciou nesta segunda-feira que o país iniciou os planos de saída do lockdown pela pandemia de COVID-19, e deu uma notícia animadora aos fãs da Premier League.

De acordo com Johnson, os estádios poderão receber até 10 mil pessoas a partir de 17 de maio.

Isso significa que, durante a última semana do Campeonato Inglês, que acaba em 23 de maio, as equipes poderão ter novamente presença de público nas arquibancadas.

No entanto, o primeiro-ministro salientou que isso não está garantido.

Para que as dastas e os planos sejam mantidos, Johnson ressaltou que os casos de contaminação por COVID-19 devem continuar caindo, o que vem ocorrendo depois do início da vacinação na Inglaterra.

Se a liberação ocorrer de fato, porém, várias partidas muito importantes terão presença de torcida.

São os casos, por exemplo, de Leicester x Tottenham, que brigam pela Champions, ou Fulham x Newcastle, que lutam contra o rebaixamento.

O último jogo que teve casa cheia na Inglaterra foi Liverpool x Atlético de Madrid, pela Liga dos Campeões, em 11 de março.

Depois disso, a pandemia de COVID-19 atingiu a Europa com força, e os campeonatos foram paralisados, sendo retomados apenas meses depois.

Em dezembro de 2020, em regiões da Inglaterra com menos casos de coronavírus, os times foram autorizados a ter entre 2 mil e 4 mil pessoas nas arenas.

No entanto, após o crescimento do número de casos da doença, as partidas voltaram a ocorrer com portões fechados.