<
>

Santos já conhece caminho completo na fase prévia da Libertadores e terá dificuldade logística e pedreira

O Santos já tem seu caminho definido na Conmebol Libertadores de 2021. Após o empate contra o Fluminense no domingo (21), a equipe paulista não tem mais como sair da oitava posição do Campeonato Brasileiro, algo que lhe permite projetar e planejar a próxima temporada.

Após a campanha do vice-campeonato na edição 2020, o clube paulista terá de encarar as fases preliminares, que são eliminatórias, para poder chegar à de grupos. E a jornada não será nada fácil. A disputa terá início já nesta terça-feira (23), com Liverpool-URU x Universidad Católica-EQU pela primeira fase, mas o time alvinegro so fará sua estreia em março, na segunda fase.

E os adversários já são conhecidos. Há tempo suficiente para o estudo dos aspectos de campo, mas também fora dele. Logo de cara, o rival será o Deportivo Lara.

O Santos vai duelar contra o clube da Venezuela nos dias 9, ida, em casa, e 16, volta, fora, de março, ambas as partidas com início previsto para às 19h15 (horário de Brasília) e com transmissão ao vivo e exclusiva no FOX Sports, além de acompanhamento em tempo real, com VÍDEOS de lances e gols, no ESPN.com.br.

Será a quarta vez que os venezuelanos disputam a competição. Localizado em Cabudare, a 266 quilômetros da capital do país, Caracas, o Lara manda seus jogos no Estádio Metropolitano de Futebol de Lara, com capacidade para mais de 40 mil torcedores. O ponto positivo é a altitude: apenas 400 metros acima do nível do mar.

Em 2014, inclusive, o Lara foi comandado por Rafael Dudamel, ex-técnico do Atlético-MG. Ele ficou na equipe até 2016, quando assumiu de vez a seleção do país.

No entanto, a logística será um grande problema para o Santos. A mais de 200 quilômetros de Caracas, a equipe paulista terá um voo até a capital da Venezuela (cerca de dez horas de viagem), depois terá que se locomover de avião até Barquisimeto, que fica a cerca de uma hora de ônibus de Cabudare. Vários trechos e complicações para o time paulista.

Times de camisas pesadas na terceira fase

Caso o Santos passe pelo Lara, jogará a terceira fase entre as datas de 6 a 8 de abril e 13 a 15 do mesmo mês. E o caminho reserva dois times de camisas pesadas: Universidad de Chile ou San Lorenzo. As equipes se enfrentam no mesmo período em que os brasileiros jogam contra os venezuelanos.

A "La U", apelido carinhoso para a Universidad de Chile, tem 23 participações na competição e chegou quatro vezes às semifinais (1970, 1996, 2010 e 2012).

Já o San Lorenzo venceu a Copa em 2014 e tem 16 participações. Embora não vivam os melhores momentos da história, são duas equipes tradicionais no cenário continental, ainda mais por se enfrentarem logo na fase anterior a de grupos.

A logística, neste caso, não será ruim para o Santos. A "La U" é de Santiago, capital do Chile, e o San Lorenzo, de Buenos Aires, capital da Argentina, locais de acesso mais fácil.

A jornada para repetir os feitos de 2020/21 não será fácil para o Santos, que não terá mais Cuca. Mudanças à vista, algo já recorrente na baixada santista. A Libertadores tem suas dificuldades e elas não são apenas dentro de campo.