<
>

Brasileirão: Palmeiras arranca empate aos 48 do 2º tempo e destrói de vez qualquer sonho de título do São Paulo

O São Paulo deu adeus à esperança de quebrar o jejum de mais de oito anos sem títulos. Nesta sexta-feira, em jogo atrasado da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time tricolor empatou o clássico contra o Palmeiras, no Morumbi, por 1 a 1.

O gol da equipe são-paulina foi marcado por Luciano, de pênalti, aos 30 minutos do segundo tempo. Mas Rony, aos 48 da etapa final, empatou o placar e frustrou os rivais.

Em um primeiro tempo de mais divididas do que de futebol, os dois times pouco ofereceram em campo. Para o time tricolor, a nota negativa ficou por conta de Gonzalo Carneiro, que se machucou em um lance com Luan e logo teve que ser substituído.

Com 10 faltas e apenas 4 chutes a gol, o primeiro tempo definitivamente foi um dos piores vistos neste Brasileirão.

No segundo tempo, o nível de jogo não subiu e a partida continuou brigada nas trincheiras. Sem brilho, o placar igual e sem gols faria justiça ao que os dois times apresentavam até o momento nesta noite no Morumbi. Porém, aos 30 minutos da etapa final, Leandro Vuaden assinalou um pênalti para o tricolor.

No cruzamento de Toró, Mayke encostou a mão na bola. Inicialmente, o árbitro não havia marcado, mas foi ao VAR conferir e assinalou.

Na cobrança, Luciano colocou a bola no ângulo direito, sem chances para Weverton.

O Palmeiras foi com tudo para cima e arrancou o empate aos 48 minutos do segundo tempo, com Rony, que chutou de fora da área e contou com um desvio no meio do caminho que matou Volpi.

Com o resultado, o São Paulo dá adeus às suas chances de título. O time tricolor precisava de 100% de aproveitamento nos três últimos jogos, além de um empate em Flamengo x Internacional no domingo e uma vitória do Corinthians sobre os colorados na rodada final.

O São Paulo vai aos 63 pontos e segue em terceiro. Porém, ainda briga nas duas rodadas finais com Atlético-MG (62) e Fluminense (60) por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores de 2021.

Já o Palmeiras segue em sexto com 57 pontos e foca na final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, que começa no dia 28 de fevereiro.

Ficha técnica

São Paulo 1 x 1 Palmeiras

GOLS: Luciano (SPA); Rony (PAL)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gomez, Luan e Viña; Patrick de Paula (Lucas Lima), Felipe Melo, Raphael Veiga (Scarpa); Rony, Willian (Breno Lopes) e Luiz Adriano Técnico: Abel Ferreira

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Igor Gomes (Toró) e Daniel Alves; Luciano (Hernanes) e Carneiro (Pablo) Técnico: Vizolli

Estatísticas

- 109 vitórias para cada lado e 107 empates na história do clássico

- Última vitória do São Paulo sobre o Palmeiras como mandante foi em 2017

- São Paulo teve 53% de posse de bola no primeiro tempo

- Luciano tem 17 gols no Brasileirão, igualando-se a Marinho e Galhardo na artilharia

- Daniel Alves recebeu o terceiro amarelo e não enfrenta o Botafogo na segunda-feira


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo nos próximos dias

  • Segunda-feira, 22/02, 18h*, Palmeiras x Atlético-GO

  • Segunda, 22/02, 20h*, Botafogo x São Paulo

*horário de Brasília