<
>

Lisca 'esculacha' Gaciba e comissão de arbitragem, diz que Daronco deve ter 'vergonha' da carreira e dispara: 'Dá vontade de largar o futebol'

O título da Série B ficou com a Chapecoense. Em uma 38ª rodada de muita emoção, os catarinenses faturaram a taça após vencerem o Confiança por 3 a 1 com gol de pênalti marcado por Anselmo Ramon, de cavadinha, no último minuto da partida. Já o América-MG, que também venceu - o Coelho bateu o Avaí por 2 a 1 - viu o título ficar com o Verdão no saldo de gols (21 a 20). E aí teve ataque e desabafo de Lisca após a partida.

O técnico do clube mineiro disparou contra a arbitragem de Flávio Rodrigues. O motivo foi o gol do Avaí marcado por Getúlio em que o atacante estaria em posição de impedimento. Sobrou também para Anderson Daronco, que apitou o jogo da Chape e marcou um pênalti aos 51 minutos para os catarinenses.

"Realmente jogamos um bom jogo, diferente das últimas partidas, acesos, entregues, buscando o gol o tempo inteiro, merecemos a vitória. Mais uma vez fomos prejudicados pela arbitragem do senhor Flávio Rodrigues. Parabéns, seu Flávio Rodrigues, seu Evandro de Melo Lima, que era o bandeira hoje. Com toda calma, não vou gritar, não vou fazer escândalo. Mas o gol do Getúlio estava impedido, acabei de ver ali."

"Seu Anderson Daronco, meu amigo, meu conterrâneo. Eu vi o pênalti que o senhor apitou aos 51 minutos para a Chapecoense. Que vergonha. O senhor tem que ter vergonha do que o senhor está fazendo na sua carreira. Que pena que você fez isso."

Sobrou também para Leonardo Gaciba, ex-árbitro e chefe da comissão de arbitragem. Lisca alegou que o funcionário da CBF deve "abandonar" o cargo e deixou claro que os episódios que aconteceram na Série B o fazem ter vontade de "largar o futebol".

"Gaciba, abandona. Tu não tem condição nenhuma de dirigir nada. Seu quadro de árbitros é uma vergonha. Vocês decidiram o campeonato da Série B para um time. Erros em cima de erros. E agora, gente? Quem vai pagar essa conta? Eu brigo pelos árbitros, pela profissionalização, mas não dá mais, não."

"Vocês decidiram um campeonato de 38 rodadas. Vocês deram um título para uma equipe que trabalhou para caramba e mereceu também. Agora, a arbitragem foi definitiva. Lamentável, é uma pena. O [persidente do América, Marcos] Salum tem razão, dá vontade de largar o futebol. Essa é a vontade. Valeu, Daronco. Valeu, arbitragem gaúcha. Vocês me perseguem há anos. Eu tive que ir embora do Rio Grande do Sul", encerrou Lisca.