<
>

Brasileirão: Claudinho volta a brilhar, RB Bragantino vence o Corinthians na Neo Química Arena e conquista terceira vitória seguida

No fechamento da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, Corinthians e Red Bull Bragantino se enfrentaram nesta segunda-feira (25), na Neo Química Arena. O Massa Bruta seguiu com a boa fase, venceu o Timão por 2 a 0, gols de Helinho e Claudinho, e chegou à terceira vitória seguida.

Com a derrota, o Corinthians está em 10º, com 45 pontos. Já o RB Bragantino subiu para 11º, com 44.

O jogo

O Bragantino abriu o placar logo com dois minutos de jogo. Em saída errada de Fábio Santos, Ytalo recebeu passe, ajeitou para Claudinho, que rolou para Helinho. O meia-atacante arriscou de canhota, de fora da área, e não deu chances para Cássio.

O Corinthians chegou pela primeira vez aos 11. Ramiro arriscou de fora da área e Cleiton caiu para defender.

Aos 15, o Timão voltou a arriscar de longe. Dessa vez, Fagner finalizou e o goleiro do Bragantino voltou a agarrar.

O Corinthians seguia buscando o empate. Aos 25, Cazares recebeu e bateu no cantinho. Mas, Cleiton evitou o gol.

Quem não faz, leva. Já diz a máxima do futebol. Aos 41 minutos, Ytalo recebeu de Aderlan e serviu Claudinho. O atacante deu um toque na saída de Cássio e fez o segundo.

Aos 46, quase o Corintians diminuiu. Ramiro, novamente, arriscou de fora da área e assustou Cleiton.

Segundo tempo

A primeira boa chegada na segunda etapa veio após os dez minutos. E foi do RB Bragantino. Ricardo Ryller recebeu bom passe, saiu cara a cara com Cássio, mas o goleiro do Corinthians abafou e defendeu.

Aos 26 minutos, Ramiro chegou à terceira finalização na partida. Mais uma vez de fora da área, o volante arriscou e obrigou Cleiton a fazer boa defesa.

O RB Bragantino quase chegou ao terceiro aos 29. Após escanteio, Ligger subiu mais alto que todos na área, testou e Cássio salvou o Timão.

Aos 31, mais uma chegada do Corinthians para tentar diminuir. Léo Natel recebeu na área, girou e chutou. Mas, a finalização saiu fraca e Cleiton defendeu sem dificuldades.

Dois minutos depois, o RB Bragantino chegou em contra-ataque. Ramires serviu Aderlan, que driblou e rolou para Hurtado. No entanto, o venezuelano bateu sem força.

Aos 43, quase um gol entregue de presente pelo RB Bragantino. Cuello errou recuo, Fábio Santos tirou de Cleiton e ficou com o gol livre. Mas, na hora de finalizar, foi travado por Léo Ortiz.

Ficha técnica

Corinthians 0 x 2 RB Bragantino

GOLS: Helinho e Claudinho (RB Bragantino)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Ramiro (Gabriel Pereira), Gustavo Mosquito (Léo Natel), Cazares (Luan) e Mateus Vital (Otero); Jô (Everaldo). Técnico: Vagner Mancini

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Artur (Leandrinho), Ricardo Ryller (Ramires), Raul e Helinho (Cuello); Ytalo (Hurtado) e Claudinho (Bruno Tubarão). Técnico: Mauricio Barbieri

Estatísticas

Nas últimas 2 derrotas, o Corinthians não marcou gols

Corinthians voltou a perder em casa após 5 partidas

RB Bragantino está há 5 jogos sem perder

É a 3ª vitória seguida do RB Bragantino

Claudinho chegou a 16 gols no Brasileirão e é artilheiro junto com Marinho e Thiago Galhardo


Classificação

- Corinthians: 10º colocado, com 45 pontos
- RB Bragantino: 11º colocado, com 44 pontos


Próximos jogos

Veja quando as equipes voltam a campo pelo Brasileirão:

  • Quinta-feira, 03/02, 19h*, Bahia x Corinthians

  • Domingo-feira, 31/01, 19h15*, Internacional x RB Bragantino

*horário de Brasília