<
>

Real Madrid: Jornal lista 12 jogadores que custaram mais de R$ 2,2 bilhões e foram desprezados por Zidane

A crise no Real Madrid após as eliminações na Supercopa da Espanha e na Copa do Rei expõe alguns problemas graves no vestiário e trazem à tona algumas críticas ao trabalho de Zidane. Uma dessas é o aproveitamento de alguns jogadores do elenco.

O jornal Sport montou uma lista de 12 jogadores que foram negociados pela diretoria merengue sob o comando do treinador francês e que custaram cerca de 340 milhões de euros (cerca de R$ 2,2 bilhões na cotação atual) aos cofres do time.

Que deixaram o clube em definitivo, estão Pepe, Morata, Kovacic, Marcos Llorente, Danilo, Theo Hernández, Reguillón e James Rodríguez. Destes oito, seis são titulares ou peças importantes de seus times atuais.

Também foram citados Dani Ceballos, emprestado ao Arsenal no início da última temporada, Odriozola, que esteve emprestado ao Bayern de Munique, mas retornou, Luka Jovic, que voltou ao Eintracht Frankfurt por empréstimo, e Martin Odegaard, que está próximo de ser emprestado.

Dentro da publicação, o diário fez questão de ressaltar que os nomes citados não deixariam nada a desejar a outros nomes que foram mantidos no elenco merengue.

Foram os casos de Theo Hernández, Danilo e Kovacic, comparados a Ferland Mendy e Marco Asensio, dois nomes muito utilizados pelo técnico francês.

Vale ressaltar que alguns dos nomes que foram negociados em definitivo chegaram a ser emprestados, mas, em seus retornos, pediram para ser vendidos por notarem que Zizou não lhes daria chances.

Foram os casos de Morata, que passou pela Juventus entre 2014 e 2016, Marcos Llorente, que atuou pelo Alavés antes de ir ao Atlético de Madrid, e James Rodríguez, que passou pelo Bayern de Munique antes de ir para o Everton.