<
>

Inter 'exorciza' fantasma no Gre-Nal e se aproxima do recorde de vitórias seguidas do Brasileirão em toda a história

Faltando seis rodadas para o final do Campeonato Brasileiro, o Internacional conseguiu abrir vantagem na liderança e se tornar o principal favorito ao título depois da vitória de virada por 2 a 1 em cima do Grêmio.

O resultado quebrou uma marca de 11 clássicos contra o maior rival sem conseguir derrotar o maior rival, um tabu que vinha desde setembro de 2018, com uma vitória por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro.

Neste período, o time chegou a perder partidas pela Conmebol Libertadores dentro de seus domínios para o maior rival, títulos gaúchos e outros tropeços importantes que custaram, inclusive, a relação de Coudet com a diretoria do clube.

Além disso, o time de Abel Braga encara uma sequência de oito vitórias seguidas no torneio, igualando a melhor marca do atual campeão Flamengo, com Jorge Jesus, durante a campanha de 2019.

A sequência começou no último dia 12 de dezembro, com o triunfo por 2 a 1, dentro de casa, em cima do Botafogo. O duelo ainda foi envolvido pela polêmica do segundo gol, assinalado por Yuri Alberto.

Isso deixa o Colorado muito próximo de quebrar o recorde de vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, pertencente ao Guarani em 1978, ano em que o time se sagrou campeão nacional.

Naquela edição, o Bugre conquistou 11 vitórias em sequência, uma marca que chegou a ser aproximada pelo São Paulo, na edição de 2002 da competição.

Caso consiga manter a sequência, o Inter igualaria a marca contra o Sport e conseguiria ultrapassar na semana seguinte, fora de casa, contra o Vasco, ex-clube de Abel Braga.

Isso tudo aconteceu depois de um início turbulento de Abelão com a equipe gaúcha. Com eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores, o time ainda teve quatro tropeços em sequência no Brasileirão antes de ver as glórias surgindo.

O próximo desafio do Colorado é no domingo (31), às 19h15, contra o Red Bull Bragantino, no Beira-Rio. Os comandados de Maurício Barbieri sonham com uma vaga inédita para a Copa Sul-Americana.