<
>

Flamengo joga mal, perde do Athletico-PR mesmo com milagres de Hugo Souza e fica a 7 pontos do Inter

O Flamengo tinha a chance de tomar a segunda posição e colocar pressão no Internacional na briga pelo título. Mas jogou mal, viu seu goleiro, Hugo Souza, brilhar e até fazer alguns milagres e acabou dominado e batido pelo Athletico-PR por 2 a 1 neste domingo (24), pela 32° rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada.

Em momentos opostos na tabela, os dois times precisavam de um triunfo para ficarem mais confortáveis. O clube paranaense ainda sonha com a possibilidade de uma vaga na Conmebol Libertadores, dependendo da configuração que pode ser criada com a Copa do Brasil e a final do torneio sul-americano, enquanto o carioca tem partida a menos contra o Grêmio, que será realizada na próxima quinta-feira (28), e está na briga direta pelo bi.

Mas o Flamengo, após duas vitórias recentes e convincentes, contra Goiás e Palmeiras, nesta ordem, voltou a decepcionar. E não foi só pelo resultado, mas pela performance mesmo, muito abaixo do esperado para um grupo tão qualificado. E com direito à discussão entre Gabigol e Rogério Ceni após o atacante ser substituído e, como de costume, não gostar e reclamar.

Os primeiros minutos foram com o Athletico dando a bola ao rival carioca e buscando o contra-ataque. O primeiro veio aos 8 minutos, com Canesin criando uma oportunidade de perigo, mas sendo travado pela defesa.

Pressionando, mesmo no contra-ataque, o time de Nikão e companhia teve sua primeira grande chance aos 21 minutos, quando Hugo Souza brilhou com duas defesas incríveis. A primeira foi após chute forte e cruzado de Carlos Eduardo. No rebote, Renato Kayzer dominou e bateu firme, mas o goleiro espalmou à queima-roupa.

Aos 25 minutos, porém, a pressão deu resultado. Após cruzamento preciso de Nikão pela direita, Abner, livre na esquerda, chutou firme no canto e abriu o placar para o Furacão.

Aos 30 minutos, em lance parecido com o do gol, Abner novamente recebeu cruzamento na área e chutou firme. Desta vez, porém, Hugo espalmou e a bola foi para fora em escanteio.

A primeira chance clara do Flamengo acabou logo convertida em gol. Aos 33 minutos, Gustavo Henrique recebeu cruzamento em falta de Arrascaeta e cabeceou cruzado, sem chances para o goleiro Santos.

O Athletico ainda tinha as melhores chances, mesmo depois do empate, mas Hugo estava em uma tarde inspirada. Em cabeçada na área, Kayzer quase marcou o segundo dos donos da casa, mas o arqueiro do Fla defendeu, mesmo em seu contrapé.

O segundo tempo começou com muitas trocas de passes, mas poucas chances claras dos dois times. A única nos primeiros 15 minutos foi em cobrança de falta de Nikão, que Hugo não teve dificuldades de encaixar a defesa.

Ainda assim, aos 21, Arrascaeta teve a chance de virar o placar depois de receber um passe após o goleiro Santos deixar o gol, mas Pedro Henrique salvou quase em cima da linha. O bandeira, porém, assinalou impedimento no lance.

Mas, apesar da pressão do time visitante, quem marcou o segundo gol foi o Furacão. Khellven, que tinha acabado de entrar, cruzou na área, enquanto Renato Kayzer entrou em velocidade e chutou de primeira para dar a vitória ao time da casa.

Com a vitória do Internacional e derrota na Arena da Baixada, o Flamengo se distanciou da liderança da tabela e não depende mais de si para se sagrar campeão nacional.

Ficha técnica

Athletico Paranaense 2 x 1 Flamengo

GOLS: Abner e Renato Kayzer (ATH) e Gustavo Henrique (FLA)

ATHLETICO: Santos; Jonathan (Khellven), Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner; Richard (Zé Ivaldo), Carlos Eduardo (Vitinho), Nikão, Christian (Jaime Alvarado) e Canesin (Jadson); Renato Kayzer . Técnico: Paulo Autuori

FLAMENGO: Hugo; Isla (Matheusinho), Willian Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Éverton Ribeiro (Pepê), Gerson, Diego e Vitinho (Michael); Arrascaeta (Rodrigo Muniz) e Gabigol (Pedro). Técnico: Rogério Ceni

Estatísticas

- Apesar de ter mais posse de bola, o Flamengo só finalizou duas vezes na direção do gol no primeiro tempo

- O Flamengo não conseguiu uma finalização certa no segundo tempo

- Nenhum jogador do Flamengo recebeu cartão amarelo na partida

- O goleiro Santos fez somente uma defesa em todo o jogo


Classificação

- Athletico: 11° lugar, com 42 pontos
- Flamengo: 3° lugar, com 55 pontos


Próximos jogos

  • quinta-feira, 28/01, 20h*, Grêmio x Flamengo (partida atrasada)

  • domingo, 31/01, 19h*, Ceará x Athletico

    *horários de Brasília