<
>

Claudinho já recebeu ligação de Rogério Ceni no Cruzeiro e foi cobiçado por Atlético-MG e Corinthians, mas preferiu ficar no Red Bull Bragantino

Líder da Bola de Ouro no Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet, Claudinho é o principal destaque do Red Bull Bragantino no Brasileirão. Autor de quatro gols nas últimas duas rodadas, ele é o vice-artilheiro da competição, com 15 gols, um atrás de Thiago Galhardo, do Internacional. Além disso, o jovem de 23 anos lidera também o prêmio revelação do campeonato.

Em 2019, quando foi o destaque da Série B, o jogador recebeu ofertas oficiais de Cruzeiro, Atlético-MG, e Corinthians, mas preferiu permanecer na equipe do interior paulista, que à época comprou 50% dos seus direitos e renovou o contrato até 2023.

"Eles chegaram no meu empresário e as propostas vieram para mim. Eu quis permanecer aqui para fazer história e como forma de gratidão por terem acreditado em mim. Eu nunca tinha conseguido uma continuidade em um campeonato jogando por um clube", disse Claudinho, em novembro de 2019, ao ESPN.com.br.

"Eu pedi ao meu empresário para só me avisar quando tivesse algo concreto, para que eu não perdesse o foco. Teve Cruzeiro, Atlético-MG, Corinthians, mas não chegou a um acordo. Acho que teve ligações do Santos. Mas pedi para não ficar me falando. O Rogério Ceni [quando era técnico do Cruzeiro] ligou para o meu empresário e conversou com ele".

A recusa aos times mineiros rendeu um vídeo, no qual anunciava a renovação de contrato com o Bragantino, que fez sucesso na internet. Sentado para tomar café da manhã, ele recusa o pão de queijo e o doce de leite, comidas típicas de Minas Gerais e prefere beber o energético da marca que banca o clube.

"Foi uma ideia do marketing do Bragantino. Eu achei que não teria problema porque o futebol não pode perder a alegria. Eu acho que foi só uma brincadeira, espero que ninguém ache ruim. Não foi ofensa, só uma brincadeirinha", disse à época.

Claudinho revelou à reportagem que o projeto ambicioso do clube paulista pesou para que ele permanecesse.

Antes disso, ele tinha rodado com por Bragantino, Santo André, Ponte Preta, Oeste e Red Bull Brasil. Em todas as equipes anteriores, o meia havia passado pouco tempo e alternou entre altos e baixos.

“Sou um cara que cria bastante, acho que sou um jogador muito inteligente. Consigo criar muitas jogadas, fazer o improviso. Acho que essa é minha principal qualidade, a habilidade, a criação ”, disse.

“Gosto do futebol alegre, futebol arte, das coisas que chamam atenção. Sempre assisti bastante o Ronaldinho Gaúcho, me inspiro muito nele. Mas, atualmente, tem o Neymar. Eu diria que me inspiro nos dois ”, completou.

Claudinho volta a campo na próxima segunda-feira com o Bragantino para enfrentar seu ex-clube: o Corinthians. O meia foi contratado pelo tempo alvinegro ainda nas categorias de base, quando ele defendia o Santos, mas não teve muita chance entre os profissionais.