<
>

Jornal: PSG repete 'jogo sujo' que usou com Neymar para ter Messi e causa mal-estar no Barcelona antes de duelo na Champions

play
Futebol ou carnaval? Ronaldinho entra em saia justa no Barcelona e responde 'perguntas impossíveis' (2:53)

Astro entrou na brincadeira e se divertiu com as decisões (2:53)

O sonho do Paris Saint-Germain de ter Lionel Messi a partir da próxima temporada vem gerando mal-estar nos bastidores do Barcelona. Segundo publicação desta quinta-feira (21) do diário espanhol Sport, as primeiras investidas do clube francês pelo camisa 10 vêm deixando os catalães revoltados.

De acordo com o veículo, o 'jogo sujo' da diretoria parisiense - assim referiu-se o jornal - é bastante conhecido. Em 2017, quando desviou Neymar do Camp Nou para o Parque dos Príncipes, o PSG usou estratégia igual à dos dias de hoje. A começar pelas declarações públicas do diretor executivo Leonardo e do técnico Maurício Pochettino de que o argentino está nos planos da equipe para a próxima temporada.

E o fato de Messi ainda pertencer ao Barcelona, irrita - e muito - a diretoria blaugrana, que fica ainda mais preocupada pelo fato de, no próximo dia 16 de fevereiro, haver o confronto com o PSG pelas oitavas da Champions League.

O Barça já sabe, e bem, que os parisienses se aproveitarão do confronto na principal competição de clubes da Europa para se aproximarem ainda mais de Messi, o que preocupa pelo fato de a investida poder mexer com a cabeça do argentino, e ainda no meio da temporada.

Em relação à Messi, o argentino já deixou claro que só aceitará conversar com outros clubes quando o seu contrato com o Barcelona se encerrar, no meio do ano. Porém, os movimentos do PSG desde já pela sua contratação colocam o clube parisiense, neste momento, como principal candidato a ficar com o argentino.

Na atual temporada, Messi, que está com 33 anos, tem 22 jogos disputados e 14 bolas nas redes. Na última partida, contra o Athletic Bilbao, pela Supercopa da Espanha, o camisa 10 foi expulso de campo e pode pegar um gancho pesado.