<
>

Premier League: Liverpool perde para o Burnley, vê série de 68 jogos em Anfield cair e fica longe do líder

A má fase do Liverpool segue intacta. E agora ainda pior, já que o time viu cair nesta quinta-feira (21) uma incrível invencibilidade de 68 jogos em Anfield. Com gol de pênalti de Barnes, após falta de Alisson dentro da área, o Burnley fez 1 a 0 na casa dos Reds, se distanciou da briga contra o rebaixamento da Premier League e aumentou o calvário dos atuais campeões, agora bem mais longe do líder Manchester United.

Com dois empates e três derrotas nos compromissos mais recentes do campeonato, o Liverpool estaciona na quarta posição, com 34 pontos, seis abaixo do United, ambos com 19 jogos. Entre os dois maiores campeões estão Manchester City e Leicester City, ambos com 38 pontos, mas o City leva vantagem por ter uma partida a menos (contra o Everton, em Goodison Park, ainda sem data).

Já o Burnley pula para 19 pontos e abre sete de vantagem para a zona de rebaixamento. O gol da vitória saiu aos 37 minutos da etapa final, após falta de Alisson em Barnes dentro da área. O mesmo pegou a bola, assumiu a responsabilidade e chutou no canto esquerdo do goleiro brasileiro para definir o resultado surpreendente.

Antes disso, o que se viu foi exatamente o jogo que todos esperavam. Contra um Burnley limitado e segurando-se na defesa, com exceção a raras descidas ao ataque, o Liverpool teve que rodar a bola de um lado para o outro até encontrar espaço na defesa adversária.

Não foram muitos, é verdade. O time de Klopp melhorou a partir do 20º minuto, quando, mesmo sem a inspiração de outros tempos, empilhou finalizações a gol. Shaqiri, Oxlade-Chamberlain, Origi, Alexander-Arnold e Robertson arriscaram e só forçaram uma defesa de Pope.

A melhor oportunidade caiu nos pés de Origi, que, aos 42 minutos, aproveitou recuo bisonho da zaga, avançou totalmente livre até a área e bateu no travessão. Antes do intervalo, uma pequena confusão entre os jogadores contagiou até os dois treinadores: Klopp e Sean Dyche trocaram palavras ríspidas no túnel, a caminho do vestiário.

Para o segundo tempo, era esperada uma pressão extra do Liverpool, que se materializou em chances criadas por Alexander-Arnold e Salah, em chutes de canhota dentro da área. Nas duas vezes, brilhou a estrela de Pope para evitar a abertura do placar.

Klopp aumentou a aposta, colocando Salah e Firmino em campo, o que fez o Liverpool superar os 70% de posse de bola. O Burnley, fechadinho, se permitiu um breve momento de liberdade aos 21 minutos, em que Barnes chutou para linda defesa de Alisson. O lance, porém, foi anulado por impedimento.

O que não foi anulado foi o pênalti de Alisson a oito minutos do fim. Após ganhar de Fabinho na corrida, Barnes acabou derrubado por Alisson. Assumiu o papel de cobrar o pênalti e garantiu uma vitória histórica para o Burnley, além de uma derrota das mais amargas da Era Klopp em Anfield.

Ficha técnica

Liverpool 0 x 1 Burnley

GOL: Barnes (BUR)

LIVERPOOL: Alisson; Alexander-Arnold, Matip, Fabinho e Robertson; Wijnaldum, Oxlade-Charmberlain (Firmino) e Thiago Alcântara; Shaqiri (Minamino), Mané e Origi (Salah) Técnico: Jürgen Klopp

BURNLEY: Pope; Lowton, Tarkowski, Mee e Taylor (Pieters); Brady (Gudmundsson), Westwood, Bronwhill e McNeil; Barnes e Wood Técnico: Sean Dyche

Estatísticas

Liverpool terminou 1º tempo com 67% de posse de bola, conta 33% do Burnley

Foram 12 chutes a gol do time de Klopp, um deles no travessão, contra 3 do Burnley

Pope brilhou com 2 grandes defesas, em chutes de Alexander-Arnold e Mohamed Salah

2º jogo seguido do Burnley em visitas ao Anfield sem derrota, após o 1 a 1 da temporada passada

Liverpool não perdia em casa há 68 jogos, desde abril de 2017 pela Premier League

Equipe de Klopp completou 432 minutos sem marcar um gol no Campeonato Inglês


Classificação

- Liverpool: 4º colocado, com 34 pontos
- Burnley: 16º colocado, com 19 pontos


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo nos próximos dias, pela FA Cup.

  • Domingo, 24/01, 11h30*, Fulham x Burnley

  • Domingo, 24/01, 14h*, Manchester United x Liverpool

*horário de Brasília