<
>

Copa do Rei: Imprensa chama eliminação do Real para Alcoyano de 'ridícula' e pede cabeça de Zidane

"Um ridículo histórico".

Foi desta forma que o jornal As, de Madri, definiu a eliminação do Real Madrid na Copa do Rei para o pequeno Alcoyano, da 3ª divisão, nesta quarta-feira (em partida na qual os merengues atuaram com um atleta a mais na prorrogação).

"Os comandados de Zidane terminaram ainda pior do que entraram, e o Real caiu na Copa em uma dessas atuações ridículas que serão lembradas por um século", escreveu o diário.

"Será um vexame recordado para sempre, e Zidane e o clube não irão esquecer. É o segundo título que o Madrid perde em um mês, e LaLiga está ficando cada vez mais complicada", seguiu, lembrando também a queda dos merengues na Supercopa da Espanha para o Athletic Bilbao.

O Marca, por sua vez, não perdoou os jogadores pela eliminação, mas culpou principalmente o técnico Zinedine Zidane pela derrota que gera uma "profunda crise" no clube.

O jornal ainda salientou que, se Zizou escapar da demissão, será "um milagre", praticamente sepultando a passagem do francês pelo Santiago Bernabéu.

"A tenebrosa derrota abre uma profunda crise no clube blanco, e deixa Zidane mais a perigo do que nunca no cargo. Porque, além da derrota, foi jogando contra 10. Se Zidane se salvar dessa, será um milagre", apontou.

"Essa noite pode ter sido a assinatura da sentença de Zidane. Seu emprego agora está por um fio, à borda do abismo, ainda mais pela perda dos dois títulos de maneira consecutiva na Supercopa e na Copa do Rei", seguiu.

"Esta última foi especialmente vexaminosa, para um time que ano passado estava na 4ª divisão, e que ganhou jogando com um homem a menos", complementou.