<
>

Brasileirão: Botafogo perde de virada para o Atlético-GO no Nilton Santos, soma 5ª derrota consecutiva e segue em situação delicada na lanterna

E o Botafogo segue em situação delicadíssima no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (20), o Glorioso recebeu o Atlético-GO no Nilton Santos, pela 31ª rodada, e perdeu de virada por 3 a 1, somando a sua quinta derrota consecutiva na competição.

Com o resultado, o clube carioca segue na lanterna, com 23 pontos, ainda a nove de deixar o Z-4, enquanto o Dragão subiu para 12º, com 39 pontos, e na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

O jogo

A primeira finalização direta para o gol aconteceu apenas aos 13 minutos do 1º tempo. Victor Luís cobrou falta para o Botafogo, mas o lateral acabou finalizando nas mãos do goleiro Jean, que fez defesa tranquila.

A resposta dos visitantes veio em dose tripla. Primeiro, aos 22 minutos, Janderson cobrou escanteio, Zé Roberto cabeceou dentro da área, mas não levou perigo à meta defendida por Diego Loureiro, já que a bola foi para fora.

O arqueiro do Glorioso, entretanto, foi acionado no minuto seguinte, após finalização de fora da área do Atlético, e precisou trabalhar.

Já aos 24 minutos, o Dragão levou perigo com Wellington Rato, que recebeu cruzamento no meio da área de Janderson e, desviando de coxa, mandou para fora.

Dois minutos mais tarde, mais uma chegada dos donos da casa. Pedro Raul recebeu de Matheus Nascimento na entrada da área e bateu truncado junto a um defensor do Atlético. Com isso, a bola saiu à esquerda de Jean.

Aos 36 minutos, o Botafogo teve a sua melhor chance no 1º tempo. Após cobrança de escanteio, Matheus Babi cabeceou firme em direção à meta de Jean, que voou para fazer grande defesa e salvar o Dragão.

Aos 45 minutos, mais uma boa chegada dos donos da casa. Victor Luís cobrou falta na área, a defesa do Atlético-GO afastou, mas deu rebote para Marcelo Benevenuto, que finalizou com a perna direita, mas mandou para fora.

Na volta para a etapa final, quem chegou primeiro com perigo foi o Dragão. Logo aos 2 minutos, Matheus Pereira apareceu com liberdade pela esquerda e bateu colocado, para mais uma boa defesa de Diego Loureiro, que voou e espalmou a bola.

Três minutos mais tarde, os visitantes tiveram mais uma boa chegada. Janderson soltou a bomba pelo lado direito da área, a bola tocou as redes, mas pelo lado de fora.

Aos 8 minutos, o Botafogo respondeu as boas chegadas do rival. Após cruzamento na área, Pedro Raul ajeitou de cabeça para Matheus Babi, que, sozinho, finalizou de primeira, mas parou em Jean, que fez grande defesa à queima-roupa.

E menos de 10 minutos depois desta grande chance desperdiçada, a joia alvinegra se redimiu e, enfim, tiro o zero do placar. Aos 17 minutos, em contra-ataque puxado por Bruno Nazário, que sofreu falta no meio-campo, Pedro Raul aproveitou a vantagem, tocou para Victor Luís, que devolveu para o atacante com cruzamento. O jogador finalizou, Jean fez grande defesa, mas no rebote Babi marcou.

A comemoração do Glorioso, porém, durou muito pouco. Isso porque aos 20 minutos, o Atlético chegou ao empate com Danilo, que aproveitou assistência de Zé Roberto e, sozinho dentro da área, finalizou para a meta defendida por Diego Loureiro, que nada pôde fazer.

Aos 33 minutos, o Dragão ainda conseguiu a virada e balançou as redes com Zé Roberto. O atacante recebeu cruzamento pela direita e, com liberdade, finalizou para a meta defendida por Loureiro, que levou mais um gol.

Já nos acréscimos, aos 46 minutos, os visitantes ainda marcaram o terceiro gol, com Vitor, que deu números finais à partida.

Vale lembrar que o Dragão ainda não perdeu para nenhum clube carioca na atual edição do Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica

Botafogo 1 x 3 Atlético-GO

GOLS: Botafogo: Matheus Babi Atlético-GO: Danilo, Zé Roberto e Vitor

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Kevin (Barrandeguy), Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luís; Caio Alexandre, José Welison, Matheus Nascimento (Iván Angulo), Bruno Nazário (Ênio) e Matheus Babi; Pedro Raul (Kalou). Técnico: Eduardo Barroca

ATLÉTICO-GO: Jean; Dudu, João Victor, Éder e Natanael; Matheus Pereira, Marlon Freitas, Janderson, Danilo (Gilvan) e Wellington Rato (Vitor); Zé Roberto (Oliveira). Técnico: Marcelo Cabo.


Classificação

- Botafogo: 20º colocado, com 23 pontos
- Atlético-GO: 12º colocado com 39 pontos


Próximos jogos

As equipes voltam a campo no final de semana, pelo Brasileiro.

*horário de Brasília