<
>

Olho, Palmeiras e Santos: Fifa anuncia mudança nos estádios do Mundial de Clubes

A Fifa anunciou na manhã desta segunda-feira (18) uma mudança na utilização de estádios para a disputa do Mundial de Clubes de 2020, que acontecerá em fevereiro deste ano e terá um representante brasileiro: Palmeiras ou Santos.

Devido à desistência do Auckland City, por conta das restrições da Nova Zelândia em relação à pandemia de COVID-19, o que classificou diretamente o Al-Duhail, do Catar, para as quartas de final da competição, a entidade informou que apenas duas arenas receberão partidas: Education City, em Doha, e Ahmad Bin Ali Stadium, em Al Rayyan.

Com isto, o Khalifa International Stadium, também em Doha, não será mais utilizado - o mesmo abrigaria dois jogos da disputa.

O Mundial de Clubes começará em 4 de fevereiro e terá a final disputada no dia 11 do mesmo mês, no Education City. Até o momento, Al-Duhail, Al Ahly, do Egito, Bayern de Munique, da Alemanha, Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul, e o Tigres, do México, são os times garantidos no torneio.

No dia 30 de janeiro, Palmeiras e Santos fazem a grande final da Conmebol Libertadores, da qual sairá o último classificado para a competição. A decisão da disputa continental será realizada no Maracanã, no Rio de Janeiro, a partir das 17h (horário de Brasília).