<
>

Copa Diego Maradona: Cardona faz golaço, Banfield empata no último segundo, mas Boca vence nos pênaltis e fica com o título

Banfield e Boca Juniors se enfrentaram neste domingo (17) no Estádio San Juan del Bicentenario, na cidade de San Juan, pela final da Copa Diego Maradona. Os Xeneizes saíram na frente com golaço de Cardona, mas, no último lance da partida, o Taladro empatou com Lollo e a decisão foi para os pênaltis. Nas penalidades, melhor para o clube da Bombonera, que venceu por 5 a 3 e ficou com o título.

Por já terem vencido o Campeonato Argentino, o Boca Juniors cede a vaga na Conmebol Libertadores para o Defensa y Justicia, quinto na tabela geral. Mas, o Halcón está na final da Copa Sul-Americana. Caso vença, a vaga na Libertadores vai para o San Lorenzo, que pode ir à fase eliminatória do torneio continental.

Já o Banfield irá disputar com o Vélez Sarsfield, campeão do torneio complementar da Copa Diego Maradona, uma vaga na Sul-Americana de 2022.

O jogo

A primeira chance da partida foi do Boca Juniors. Cardona, aos quatro minutos, arriscou de perna esquerda e a bola passou por cima. Dois minutos depois, Payero teve a chance pelo Banfield. O meia, destaque do clube no torneio, recebeu de Bravo e finalizou para defesa de Andrada.

Aos 19, Villa recebeu pela esquerda, ajeitou e finalizou. No entanto, Arboleda não teve dificuldade para fazer a defesa.

Aos 24, o Banfield teve, novamente, chance com Payero. O camisa 21 recebeu pelo lado esquerdo, ajeitou e finalizou de fora da área. No entanto, a bola passou por cima da meta de Andrada.

O Taladro voltou a assustar aos 32. Cuero recebeu passe em contra-ataque pela direita e bateu. Andrada caiu para fazer a defesa. Na jogada seguinte, quase o Boca abriu o placar. A melhor chance da partida. Villa recebeu pela direita e bateu cruzado. Ábila chegou a dar um carrinho, mas não alcançou e a bola saiu raspando a trave do goleiro Arboleda.

O jogo seguiu bastante movimentado. Aos 34, o camisa 30 Rodríguez soltou uma bomba de fora da área e obrigou Andrada a espalmar para escanteio.

Segundo tempo

A segunda etapa começou assim como foi a primeira. Os dois times, quando tinham a bola, tentando valorizar a posse, enquanto o adversário se defendia bem.

A primeira boa chegada veio aos 17 minutos. E o Boca abriu o placar. Zárate fez boa jogada e serviu Diego González. O volante abriu para Cardona na esquerda. O meia colombiano limpou para o meio, soltou uma boa e acertou o ângulo de Arboleda.

O Banfield, depois de levar o gol, sentiu o golpe e chegava de forma esporádica. As duas chances que teve foi com o meia Payero, em duas cobranças de falta batidas para fora.

Aos 42 minutos, o Boca ficou com um a menos. Emanuel Mas recebeu o segundo amarelo após cometer falta em Payero.

Aos 51 minutos da segunda etapa veio o empate do Banfield. No último segundo. Payero cruzou, a bola achou Maldonado no segundo pau. O zagueiro cabeceou para o meio da área e achou Lollo. O defensor cabeceou e empatou a partida.Com isso, a partida foi para os pênaltis.

Nas penalidades, Tévez, Villa, Salvio, Izquierdoz e Buffarini fizeram para o Boca. Lollo, Fontana e Álvarez fizeram para o Banfield. Mas, Rodríguez isolou e os Xeneizes conquistaram o título.

Ficha técnica

Banfield 1 (3) x (5) 1 Boca Juniors

GOLS: Boca Juniors: Cardona; Banfield: Lollo

BANFIELD: Arboleda; Coronel, Maldonado, Lollo e Bravo (Asenjo); Rodríguez, Galoppo (Pons) e Payero; Cuero (Urzi), Bordagaray (Álvarez) e Fontana. Técnico: Javier Sanguinetti.

BOCA JUNIORS: Andrada; Buffarini, Izquierdoz, Zambrano e Mas; Campuzano (Diego González), Capaldo, Villa e Cardona (Salvio); Zárate (Varela) e Ábila (Tévez). Técnico: Miguel Ángel Ramírez

Estatísticas

Boca conquistou seu título consecutivo