<
>

Mãe de Williams, algoz do Barcelona, atravessou deserto grávida para chegar à Espanha e dar futuro melhor ao filho

O Athletic Bilbao conseguiu um empate nos acréscimos e virou a decisão da Supercopa da Espanha na prorrogação para se sagrar campeão em cima do Barcelona. O herói da vitória foi o atacante Iñaki Williams, que possui uma grande história de superação em sua família.

Marcado na história do Athletic Bilbao por ser o primeiro jogador negro a marcar um gol com a camisa do clube, que possui uma história relacionada à aceitação somente de jogadores nascidos no País Basco, o atacante é filho de pais ganeses.

Nascido em Bilbao, o jovem teve sua mãe fugindo grávida, atravessando o deserto de Akra, em Gana, chegando a pular a cerca erguida em Melilla, no país Basco, para conseguir dar uma condição de vida melhor para seu futuro filho.

A história foi contada pelo atacante em outubro de 2019, em entrevista ao El Larguero, da Espanha. Ele ainda disse que não se vê tendo o sucesso subindo à cabeça, pois se lembrará de tudo que sua mãe passou para que ele chegasse até ali.

Já mais velho, Iñaki não chegou a ter uma infância tranquila. Por conta das dificuldades, seu pai teve que se mudar para um emprego em Londres, enquanto sua mãe trabalhava como atendente de supermercado.

Foi com o futebol, após chegar às categorias de base do Athletic Bilbao, que sua vida passou a melhorar. Hoje, além de ser titular absoluto do time, possui um contrato até 2028 e já esteve na mira de grandes clubes da Europa, como o Manchester United.